“10.000 anos depois entre Vénus e Marte” de José Cid no Coliseu de Lisboa será exibido na RTP

José Cid apresentou o icónico álbum “10.000 anos depois entre Vénus e Marte” no dia 15 de Novembro de 2014 no Coliseu dos Recreios. O rock sinfónico do aclamado álbum de José Cid, editado em 1978, entoou no Coliseu numa actuação que conta com as participações especiais de Mike SergeantRamon Galarza e Zé Nabo, o guitarrista, baterista e baixista do álbum original, respectivamente. Ópera rock reconhecida internacionalmente pelo rock progressivo que ostenta, é na ficção científica que bebe influências. Pioneiro do rock espacial em Portugal, fala da autodestruição da humanidade e do retorno à Terra de um homem e uma mulher, 10.000 anos depois do apocalipse. Incluído na lista dos 100 melhores álbuns de rock progressivo de todos os tempos pela americana Billboard, a actualidade dos 40 anos de distância entre a sua edição e o presente é premente. Este concerto será exibido no dia 4 de Janeiro de 2021 pelas 23h55 na RTP.