A “Medusa” da Capicua

A “Medusa” da Capicua

Redacção

“Medusa” será editado a 3 de Março.

Para celebrar o último ano de conquistas, Capicua apresenta “Medusa”, como um presente de aniversário.

Amigos e parceiros, que Capicua muito admira, convidados a manipular a sua voz e as suas palavras, usando-as em contextos absolutamente novos, na construção colectiva de um álbum de remisturas, que conta também com dois originais, um com Valete como convidado especial e outro com M7, a sua companheira de sempre, numa espécie de tríptico.

medusa

“Medusa” é “Sam the Kid, Virtus e D-One exploram a estética mais clássica do Hip Hop e do R&B. Octa Push, Roger Pléxico, Expeão, DJ Ride e Lewis M trilham caminhos mais futuristas, uns mais cósmicos e outros mais funcionais. DJ Marfox e Puto Anderson representam a mais fresca cena lisboeta, tão aclamada lá fora, do Afro-House pós-Kuduro, à mais moderna Tarraxinha. E White Haus, Stereossauro & Razat e Ninja Kore levam-nos para alguns dos territórios que dominam as pistas de dança actuais. Sempre com resultados surpreendentes.”

Os primeiros concertos de apresentação de “Medusa” acontecem em 11 de Abril na Casa da Música no Porto e a 16 de Abril no Lux em Lisboa. Para além dos habituais companheiros de palco, o Dj (D-One) e a MC (M7), junta-se ao grupo, Virtus nas teclas, mpc e programações. As ilustrações, que continuarão a integrar os concertos de Capicua, passam a ficar a cargo de Vitor Ferreira, sendo trabalhadas a partir do palco.

EGITANA