Ana Moura lança colecção de jóias solidárias

Ana Moura lança colecção de jóias solidárias

Redacção

A fadista Ana Moura e a Portugal Jewels lançaram uma colecção de jóias unissexo inspirada no Escudo português, numa coleção solidária que vai contribuir para o fundo de emergência cultural “Solidariedade para a Cultura” criado pela Audiogest e a GDA, destinado a todos os profissionais dos sectores das artes.

Ana Moura inspirou-se no Escudo de Portugal para criar um conjunto de jóias unissexo que aliam uma estética contemporânea a este símbolo com que nos identificamos como povo desde o longínquo séc. XV. «É em tempos históricos como os que agora vivemos que mais sentimos os símbolos que nos fazem cerrar fileiras como um só povo. O Escudo representa as armas de uma nação e significa também protecção, é um símbolo para estes tempos de pandemia em que temos de lutar cada um e como comunidade para voltar a ter a liberdade da vida plena», escreve a fadista em comunicado.

E porque a alma de uma nação é a sua cultura e os seus agentes não podem, nestes tempos de pandemia, exercer o seu trabalho, 20% das vendas da colecção Escudo revertem para o fundo de emergência cultural “Solidariedade para a Cultura” criado pela Audiogest (associação que representa produtores musicais) e a GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas), destinado a todos os profissionais dos sectores das artes.

A colecção, composta por brincos, pulseira, colar e anel Escudo em prata, está à venda ao público com preços entre os 35€ e 55€, e está disponível aqui.

Esta é a segunda colecção de jóias desenhada pela fadista, depois de “Purple Rain”, lançada no ano passado e inspirada em Prince.