“Andorinhas” na Nova Primavera de Ana Moura

“Andorinhas” na Nova Primavera de Ana Moura

Redacção

“Andorinhas” é o título da primeira canção na nova etapa da carreira de Ana Moura.

Ana Moura começa hoje, 30 de Abril, uma nova etapa da sua carreira com o lançamento do single “Andorinhas”, o primeiro avanço do álbum em que a autora de “Desfado” vai mudar a sonoridade, os colaboradores e a estrutura que a representa. O novo vídeo, da autoria de André Caniços, já mostra uma fadista em transformação. Até visual.

«As andorinhas não morrem, a Primavera nunca acaba e o renascer é uma constante. Essa é uma lição da vida. Essa é uma certeza», escreve Ana Moura, que chega a um momento especial no seu percurso e elege “Andorinhas” como um símbolo: «de liberdade e de emancipação, de criatividade em estado puro, uma recusa das amarras do sucesso, uma declaração de uma vontade de futuro».

O novo tema é, portanto, «uma nova alma que assim se liberta». No vídeo, rodado em telhados de um popular bairro de Olhão, Ana Moura partilha espaço com quem dança e sente, mostrando-se com nova imagem e postura, com uma linguagem visual que tem tanto de «autêntico quanto de universal, tanto de moderno quanto de intemporal».

«Sobre cadência de recorte tropical e com balanço de uma África que é tanto ancestral quanto do futuro», a artista propõe uma nova ideia para nos definir a todos, posicionando-nos num lugar que «não é geográfico, mas emocional, que não é histórico, mas é, ainda assim, cultural porque não recusa tudo o que o tempo nos trouxe, desembocando num porto de Lisboa que tanto recebeu através dos tempos».

O novo single de Ana Moura, “Andorinhas”, é «um hino à liberdade» com balanço crioulo «apontado ao futuro».

EGITANA