B. B. King: O adeus à Lenda do Blues

B. B. King: O adeus à Lenda do Blues

Redacção

Infelizmente, esta, era já uma notícia esperada por todos nós. Nos últimos meses houve um agravamento do estado de saúde de Riley Ben King. Aos 89 anos a lenda do Blues parte, mas deixa um legado inegável na música.

Riley Ben King faleceu ontem [14.05.15] em Las Vegas, depois de vários meses com um estado de saúde bastante debilitado provocado pela doença de diabetes.

Blues Boy é considerado um dos grandes guitarristas de todos os tempos, ganhou quinze prémios Grammy e influenciou várias gerações de músicos, como Eric Clapton, Mike Bloomfield, Stevie Ray Vaughan ou David Gilmour dos Pink Floyd.

Lucille era como chamava carinhosamente a todas as suas guitarras Gibson. Nasceu em 16 de setembro de 1925, em Itta Bena, no Mississippi. Começou por tocar nas ruas de Indianola, estávamos nos anos 40, e mudou-se em 1949 para Memphis, onde começou uma carreira como músico profissional. Durante os anos 50 trabalhou com DJ na estação da rádio WDIA, onde o apelidaram de “Beale Street Blues Boy”. Mais recentemente, em 2008 editou o seu último álbum de originais “One Kind Favor.

Músicas como “Sweet Black Angel” , “Rock Me Baby“, “Why I Sing the Blues” ou “The Thrill Is Gone” ficarão para sempre na nossa memória.

Para saberes mais sobre a vida e obra do Rei recomendamos a leitura da sua autobiografia “Blues’ All Around Me” editada em 1996 com a co-autoria de  David Ritz.

Obrigado e até já!