Zeca Afonso por Balla

Zeca Afonso por Balla

Redacção

Armando Teixeira presta homenagem à lenda da música nacional, através de versão sintetizada de “No Comboio Descendente”.

No ano em que se assinalam os 30 anos da morte de José Afonso, António Manuel Ribeiro sugeriu a Armando Teixeira fazer uma versão da canção “No Comboio Descendente”. O que o músico aceitou, referindo o press do single que «é importante manter viva a obra de José Afonso e estimulante “trabalhar” no legado deste homem que vivia dia e noite a pensar em música».

“No Comboio Descendente” de José Afonso, com poema de Fernando Pessoa e editado pela primeira vez em 1972 no álbum “Eu Vou Ser Como a Toupeira”, o músico e produtor fascinado pelos sintetizadores analógicos apresenta-nos o seu olhar sobre esta música do Zeca, provavelmente, com a sua roupagem mais electrónica de sempre.

EGITANA