Björk, Digressão Europeia com Orquestra

Björk, Digressão Europeia com Orquestra

Redacção

Uma restrita lista de cidades irá receber uma curta digressão onde Björk irá revisitar a sua discografia através de arranjos acústicos para cordas.

A super estrela islandesa da música experimental acaba de anunciar uma série de concertos orquestrais para Julho de 2020. A curta digressão “Björk Orchestral” será baseada em arranjos de cordas a vários momentos da sua discografia. Os países confirmadas nesta exclusiva lista de concertos são a Rússia (dia 02, Moscovo, Crocus Music Hall), Finlândia (06, Helsínquia, Hartwall Arena), Alemanha (09 Berlim, Waldbühne Open Air), França (dias 17 e 20, Paris, Siene Musicale) e Inglaterra (26, Cheshire, Bluedot Festival).

O seu álbum mais recente é “Utopia”, editado em 2017 e alvo de reedição no Verão passado, numa edição de coleccionador acompanhada por várias réplicas das flautas que formaram o núcleo sonoro do disco. Já em 2018, na promoção do álbum, a antiga líder de Sugarcubes teve uma rara aparição em TV, quando passou no Jools Holland.

Björk tem dedicado alguma atenção a reestruturar a sua discografia. Também em 2019, todos os seus álbuns receberam edição em cassete.

Salvo erro, a cantora não visita Portugal desde o concerto de 2008, no festival SW Zambujeira do Mar. Depois disso, já esteve confirmada para o Primavera (2012) e Paredes de Coura (2018), acabando por cancelar ambos os concertos.

Também não é a primeira vez que a islandesa faz este tipo de trabalho, sendo recorrente explorar a sua música dessa forma em remisturas ou ao vivo, em várias outras ocasiões.