Black Label Society Gravaram 30 Canções Para Álbum que Chega em Novembro

Black Label Society Gravaram 30 Canções Para Álbum que Chega em Novembro

Redacção

Numa entrevista à rádio WRIF, de Detroit, Zakk Wylde falou sobre o que andou a fazer durante o confinamento. Além de ter passado mais tempo com os filhos, o líder dos Black Label Society gravou 30 temas. Alguns serão reunidos num disco que verá a luz do dia no final do ano.

O líder dos Black Label Society Zakk Wylde falou com Meltdown, da estação de rádio WRIF, de Detroit, sobre o progresso das sessões do sucessor de “Grimmest Hits”, de Janeiro de 2018.

«Estamos neste momento no [meu estúdio] Black Vatican. Durante a pandemia, obviamente, [trabalhámos] no [recentemente lançado] “None More Black”, e depois também gravámos cerca de 30 novas canções. Estamos apenas a dar os retoques finais em algumas coisas neste momento. Provavelmente sairá em Novembro».

Olhando para o futuro, Wylde falou igualmente do regresso dos Black Label Society à estrada: «Acho que em Agosto vamos a fazer um concerto em Sturgis [cidade que acolhe um famoso rally de motos]. Depois, em Outubro e Novembro, vamos dar a volta aos Estados Unidos para acabarmos no final do ano no Arizona. É isso que está na ordem do dia por agora. Esperemos poder ter tudo de volta ao normal».

O músico, que recentemente falou sobre a sua luta para se manter sóbrio, quando questionado sobre a ansiedade de voltar aos palcos depois deste grande período de interregno que assolou o planeta, respondeu: «Nos últimos 20 anos, o período mais longo que estive em casa foi, provavelmente, duas semanas. Assim, na pausa da covid, tenho estado a desfrutar o tempo com as crianças. Não trocaria a minha situação por nada. Adoro fazer tours. Adoro ver a nossa família Black Label por todo o lado, tocar com Ozzy, etc. Estou sempre em digressão, seja com Ozzy, Black Label, Zakk Sabbath, Generation Axe ou Experience Hendrix. Todas as noites subo ao palco, fico ansioso por isso. Este é o maior tempo que estive em casa em mais de 20 anos».

O conjunto “None More Black” foi editado em Abril e tem versões remasterizadas de todas as 12 gravações originais de estúdio em formato vinil colorido, além de um álbum fotográfico de 32 páginas, de capa dura, citando a lendária carreira da banda que celebrou o 20º aniversário do seu primeiro álbum, “Sonic Brew”, em 2019.

Os Black Label Society, formados por Zakk Wylde (voz e guitarra), John “JD” DeServio (baixo), Dario Lorina (guitarra) e Jeff Fabb (bateria) estão prestes a regressar, três anos depois de “Grimmest Hits”, aos discos de originais, tal como prometido pelo seu líder no primeiro trimestre do ano passado.

Dispara o play em baixo para assistires à entrevista de Wilde à rádio WRIF.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA