Bons Sons 2019: Programação Paralela com dança, teatro ou cinema

Bons Sons 2019: Programação Paralela com dança, teatro ou cinema

António Maurício

O festival em Cem Soldos divulgou a programação paralela de acesso gratuito a todos os portadores de bilhetes. Dança, teatro, cinema, fotografia, debates ou actividades familiares são algumas das ofertas.

O Bons Sons regressa à aldeia de Cem Soldos para um festival totalmente protagonizado por música portuguesa. Realiza-se de 8 a 11 de Agosto, inclui dois novos palcos (no total, 10) e mais de cinquenta concertos num recinto mais alargado.

Os cem-soldenses, dos mais velhos aos mais novos, preparam tudo até ao mínimo pormenor: cedem terrenos e quintais que se transformam em palcos e em restaurantes, cozinham, limpam, avós e netos do grupo de costura criativa preparam chapéus ou porta-chaves com a famosa Tixa, mascote do festival, entre outras peças artesanais que estarão à venda na loja do Bons Sons.

Além da programação musical (vê aqui o cartaz completo), também existirá uma programação paralela que incluirá espectáculos de dança, teatro, cinema e muito mais. Esta programação é de acesso gratuito a quem é portador de bilhete do festival (pago a partir dos 12 anos) e limitada à lotação.

Os bilhetes estão disponíveis em ticketline.sapo.pt. O passe geral (4 dias) custa 50€ e os bilhete diários 25€. Também disponíveis nas bilheteiras do recinto.

Dança, Teatro e Performance

“Coexistimos”, de Inês Campos
“Danza Ricercata”, de Tânia Carvalho
“Nem a Própria Ruína”, de Francisco Pinho, João Dinis Pinho e Dinis Santos
“Portuguesas Inesquecíveis”, com direcção de Cláudia Gaiolas e dramaturgia de Alex Cassal
“Volta a Portugal em Coreto”, de Tiago Madaleno

Cinema, Fotografia e Vídeo

Festival itinerante “Curtas em Flagrante”
Exposição de fotografia “Dar e Receber”, de Adriana Boiça Silva
Instalação de vídeo, “Ao longe, vejo de perto a aldeia”

Percurso Artístico

Ana Bento e Bruno Pinto convidam os visitantes a participar no percurso artístico “Cem Soldos, por detrás do BONS SONS”

Conversas e Debates (com Fumaça, projecto de jornalismo independente)

10 Agosto
“Territórios e Interioridade”, conversa em orno daquilo que é possível fora das grandes áreas metropolitanas e sobre como fortalecer a contemporaneidade no campo, com a participação de Rogério Roque Amaro (economista e professor no ISCTE) e Rui Amaro Alves (professor no Instituto Politécnico de Castelo Branco e especialista em ordenamento do território).

11 Agosto
A conversa Artes e produção cultural conta com a participação de Elisabete Paiva (diretora do Festival Materiais Diversos) e Ana Deus (cantora – Três Tristes Tigres, Osso Vaidoso) e pretende responder às perguntas: Há uma política pública de apoio cultural? Devem os impostos subsidiar a criação artística ou o mercado encarregar-se-á disso? O que é mesmo a formação de públicos?

Actividades para Toda a Família

Sessões de música para grávidas, sessões para bebés até aos cinco anos e oficinas musicais para crianças dos seis aos 12 anos

Os Jogos do Helder estão de volta, com brincadeiras e um circuito refrescante pela aldeia.

A Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA) marca presença no curral do BONS SONS para dar a conhecer o grande amigo que pode ser o Burro de Miranda

Espaço Criança, que conta com algumas atividades diárias como jogos, trabalhos manuais, brincadeiras, ginástica, entre muitas outras