British Airways Orchestra recria famoso tema da ópera Lakmé para assinalar centenário

British Airways Orchestra recria famoso tema da ópera Lakmé para assinalar centenário

Luis Valente

Para assinalar o seu centenário, a British Airways apresentou uma nova versão do tema “Flower Duet”, uma das composições da ópera “Lakmé”, da autoria do compositor Delibes.

Esta nova versão foi composta por um dos engenheiros de qualidade da companhia aérea, Lyndon Ooi, cujo trabalho diário envolve verificar se os aviões estão tecnicamente preparados para voar.

Lyndon Ooi afirma que «a música tem sido uma paixão durante toda a minha vida – tal como o entusiasmo de voar e a experiência de viajar, a música comunica com pessoas e fala directamente aos seus corações. Foi um verdadeiro desafio encaixar os 100 anos de História da British Airways na música mas estou muito feliz com o resultado final. É também um grande prazer poder tocar esta música com os meus colegas da British Airways Orchestra.»

A versão original da música é reconhecível devido à sua presença em vários anúncios ao longo da história da empresa, sendo também este o tema que toca na cabine durante o embarque.

A nova versão da obra é composta por dez variações que representam dez marcos significativos da história da companhia aérea: a música sobe, desce, acelera e abranda em consonância com os momentos representados, como a formação da Imperial Airways, a introdução da nova era de jactos, a despedida do Concorde e a abertura do Terminal 5 do aeroporto de Heathrow, em Londres.

A obra “Flower Duet” do compositor francês do século XIX, Léo Delibes foi tocada pela British Airways Orchestra, que é constituída por 30 colaboradores da companhia aérea e alguns músicos externos.

Podes ver abaixo a sua interpretação: