“Cais à Noite”: Conhece a programação da reabertura das salas do 23 Milhas

“Cais à Noite”: Conhece a programação da reabertura das salas do 23 Milhas

Redacção

Organizado pelo 23 Milhas, projecto cultural do Município de Ílhavo, esta é a quarta edição deste ciclo por onde já passaram nomes como X-Wife, Keep Razors Sharp, Glockenwise ou Sean Riley and The Slowriders.

Throes + The Shine (26 de Junho), Branko (3 Julho), Fred e JUPITER (17 Julho) e Stereossauro com DJ Ride (31 de Julho), são os nomes da edição deste ano do Cais à Noite, ciclo de música electrónica que acontece anualmente, no verão, no Cais Criativo da Costa Nova, mas que este ano, tendo em conta o actual contexto de pandemia, acontece na Casa da Cultura de Ílhavo e na Fábrica das Ideias da Gafanha Nazaré, por serem espaços que possibilitam o cumprimento das novas regras para público, equipas e artistas em salas de espectáculos, garantindo o conforto e segurança de todos.

Um ciclo que, este ano, marca a reabertura das salas do 23 Milhas, um momento que combina a satisfação do regresso com um olhar e ação profundamente cautelosos. Em cinco concertos, em quatro sextas-feiras em Junho e Julho, o ciclo, sempre caracterizado por ser festivo e catártico, dá a face pelas várias caras da electrónica que se faz em Portugal.

O ciclo arranca no dia 26 de Junho, em Ílhavo, com os Throes + The Shine e a sua música que é um híbrido de kuduro (a música de dança explosiva oriunda de Angola), algumas texturas electrónicas e a fúria do rock. Na semana seguinte, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, Branko apresenta o seu último disco “Nosso”, que conta com a colaboração de Dino de Santiago, Mallu Magalhães, entre outros. No dia 17 Julho, o regresso à Casa da Cultura de Ílhavo para ver FRED, que toca o seu primeiro trabalho a solo, e ainda o concerto de abertura dos aveirenses JUPITER, que apresentam EVA XIV. No último concerto desta edição do Cais à Noite, Stereossauro e DJ Ride apresentam o disco do primeiro, Bairro da Ponte, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré. Uma combinação de música popular portuguesa, fado, hip hop e música eletrónica.

Os bilhetes para cada concerto custam 4€. Toda a informação está nas redes sociais do projecto e no site.