Cassete Pirata e Surma na segunda edição do Fazunchar em Figueiró dos Vinhos

Cassete Pirata e Surma na segunda edição do Fazunchar em Figueiró dos Vinhos

Redacção

O festival Fazunchar regressa a Figueiró dos Vinhos de 15 a 23 de Agosto para a sua 2.ª edição com propostas de pintura mural, residências artísticas, instalações, filmes, visitas guiadas, workshops e, claro, concertos. A entrada é grátis.

Em comunicado, a organização lembra que “em 2020 tornou-se ainda mais urgente garantir a acessibilidade à arte”. A plataforma de intervenção artística Mistaker Maker volta a assumir a organização e curadoria de uma nova edição do festival que, nas palavras de Lara Seixo Rodrigues, “reforçará a sua presença e ocupação do espaço público, entendido este como o palco mais democrático para expor olhares únicos e renovados sobre os bens culturais, o património e tudo o que de único compõe este território”.

Esta edição do Fazunchar integra várias expressões artísticas, em diálogo constante entre elas, com a comunidade e território, sendo que uma das grandes novidades é que nesta edição as intervenções são feitas em três novas freguesias, Arega, Aguda e Campelo, além da de Figueiró dos Vinhos, fazendo com que a arte chegue a novas localidades do mesmo município.

Assim, na edição que decorre entre 15 e 23 de Agosto, e no que toca à música, o destaque vai para os Cassete Pirata de João Firmino, Margarida Campelo, António Quintino, Joana Espadinha e João Pinheiro e ainda para Surma, que irá apresentar um conceito único neste espetáculo, resultante da participação numa das residências artísticas com Tamara Alves.

De resto, destaque também para alguns artistas promissores do panorama internacional da pintura mural, como Helen Bur (Reino Unido), Dimitris Taxis (Polónia) e Doa Doa (Espanha) e do panorama nacional como Tamara Alves, Draw & Contra, Adamastor, The Caver, Mantraste, entre muitos outros.

EGITANA