Cerimónia De Entrega Dos Grammy Adiada Para Março

Cerimónia De Entrega Dos Grammy Adiada Para Março

Redacção

Cerimónia de entrega dos prémios mais importantes da indústria musical adiada devido ao aumento de casos de covid em Los Angeles.

«A situação em Los Angeles, com os serviços de saúde em sobrecarga, as unidades de cuidados intensivos a atingirem a sua capacidade máxima e as novas directrizes dos governos locais e estaduais levaram-nos a concluir que adiar o espectáculo seria a coisa certa», informou a associação de profissionais da música (Recording Academy), em declarações à Associated Press.

O condado de Los Angeles, o epicentro da crise pandémica na Califórnia, ultrapassou as 10.000 mortes, o que representa 40% das mortes na Califórnia, o terceiro estado a atingir as 25.000 vítimas mortais. A cerimónia da edição 63 dos Grammy passa, até prova em contrário, para 14 de Março.

«Nada é mais importante que a saúde e a segurança da comunidade musical e das centenas de pessoas que trabalham na produção do espectáculo», escrevem ainda os responsáveis.

A edição deste ano da entrega daqueles que são os prémios mais importantes da indústria musical mundial já não iria contar com a presença de público numa sala onde apenas apresentadores e intérpretes serão permitidos, com os nomeados a assistir virtualmente.

Entre os principais nomeados está Beyoncé, que concorre a nove prémios, seguida por Dua Lipa, Taylor Swift e Roddy Ricch, com seis cada um.

Maria Mendes, radicada nos Países Baixos, está indicada para o Grammy de Melhores Arranjos, Instrumentais e Vocais, com o tema “Asas Fechadas”, de Amália Rodrigues, que gravou no álbum “Close To Me”, com John Beasley e a Metropole Orkest da Holanda, lançado em Outubro de 2019.

Para o Grammy de Álbum do Ano estão nomeados “Chilombo”, de Jhené Aiko, o disco homónimo dos Black Pumas, “Everyday Life”, dos Coldplay, “Djesse vol. 3”, de Jacob Collier, “Women in music Pt. III”, das Haim, “Future Nostalgia”, de Dua Lipa, e “Hollywood’s Bleeding”, de Post Malone.

Nesta edição há a registar várias estreias em nomeações, nomeadamente do cantor Harry Styles, em três categorias com o álbum “Fine Line”, os sul-coreanos BTS, nomeados para Melhor Performance em Duo ou Grupo, e os Strokes, para Melhor Álbum Rock, com “The New Abnormal”.

Nas categorias de Melhor Canção Rock e Melhor Performance Rock dominam as mulheres, estando nomeadas Fiona Apple, Brittany Howard, Haim, Grace Potter, Phoebe Bridgers e Big Thief, liderados por Adrianne Lenker.

EGITANA