Chegou o Álbum de Estreia de Le Beast Concrète, de Gary Lucas [Streaming]

Chegou o Álbum de Estreia de Le Beast Concrète, de Gary Lucas [Streaming]

Redacção

Chegou “Gargoyle”, o álbum de estreia de Le Beast Concrète, que junta o lendário guitarrista Gary Lucas e o produtor nova-iorquino David Sisko.

“Gargoyle”, lançado hoje, 13 de Agosto, «é uma verdadeira experiência que desafia o conceito de género». São oito faixas onde cabem blues, rock, dance music, trap, avant-garde e uma variedade de influências que habitam o imaginário de Le Beast Concrète.

No ano em que comemora 40 anos de carreira, Gary Lucas prova uma vez mais que ainda há muita coisa nova para fazer. O lendário guitarrista (Captain Beefheart, Gods and Monsters), juntou-se ao produtor nova-iorquino David Sisko num projecto que cruza géneros. Le Beast Concrète junta a guitarra de Lucas aos sintetizadores e beats de Sisko e o resultado é uma sonoridade “genre-fluid” que ganha forma em “Gargoyle”, o disco de estreia já disponível nas principais plataformas digitais.

Nova Iorque, a selva urbana onde ambos vivem e trabalham, serviu de inspiração para Le Beast Concrète, mas não foi a única. O conceito de “musique concrète” – técnica de composição usada no processo criativo da dupla – e o fascínio mútuo pelas “criaturas míticas” do cinema e da literatura reflectem-se no título do projecto e nos oito temas que compõem “Gargoyle”.

“Realize It”, o primeiro tema lançado pela dupla no início de Julho, combina os riffs de assinatura de Gary Lucas com o contagiante beat deep trap 808 de Sisko e conta com a participação de Lil Woozy. O sample – “There’s no wrong or right. And realize it” – , repetido como um mantra, é «um símbolo dos tempos em que vivemos, em que somos bombardeados a toda a hora com mensagens moral e eticamente ambíguas. Perceber isto é o primeiro passo para seguir em frente», explicam os mentores de Le Beast Concrète.

Seguiu-se “Dunny Rat Boy”, um segundo single recheado de referências film-noir, dance, trance, psychedelic-acid rock e blues e que «é uma boa amostra do que podemos encontrar no álbum que acaba de chegar: um cocktail extravagante de influências e uma experiência sonora e visual que combina elementos do passado, presente e futuro como poucas».

“Gargoyle” chega através da Kobalt Music / Gary Lucas Music (BMI) e Endless Mind Passivity Music (BMI). Dispara o play.

EGITANA