Clutch estreiam-se em Portugal em 2021

Clutch estreiam-se em Portugal em 2021

Redacção

Já são conhecidas as novas datas para a estreia dos Clutch em Lisboa e no Porto.

Depois do adiamento dos concertos para 2020, devido à pandemia Covid-19, uma das maiores bandas de “culto” do séc. XXI promete a sua estreia em Portugal em Agosto de 2021.

Com lugar de destaque assegurado no panteão da música pesada, uma dúzia de álbuns aplaudidos de forma universal, e em estado de graça desde que lançaram «Earth Rocker», os CLUTCH vão, por fim, mostrar a sua força arrebatadora pela primeira vez em Portugal nos dias 2 e 3 de Agosto de 2021 , no Hard Club e do Cineteatro Capitólio, no Porto e em Lisboa, respectivamente.

Os CLUTCH estão juntos desde 1991 e, desde aí, têm vindo a lançado um fluxo constante de álbuns para um número igualmente consistente de seguidores; pequeno, mas leal. Ao longo dos tempos, o som do quarteto evoluiu das raízes no punk e hardcore, abraçando funk, blues e rock a gosto.

Em 2013, lançaram então “Earth Rocker”, a apoteose de um crescimento que, de “The Elephant Riders” ao mais recente “Book Of Bad Decisions”, passando por “Pure Rock Fury” ou “Strange Cousins From The West”, mostrou um grupo com identidade bem definida, mas sem medo de alargar os horizontes.

O disco #10 foi, no entanto, o verdadeiro divisor de águas. De repente, havia muito mais gente interessada no que os fãs adoravam há mais de 20 anos, mas foi a perseverança dos músicos que fez dos CLUTCH uma das maiores bandas de “culto” do séc. XXI – um farol para os discípulos do rock’n’roll honesto, sem pretensões.

Bilhetes já adquiridos serão válidos para a nova data. Para quem ainda não comprou, custam 25€, à venda nos locais habituais.


Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.