Concerto de Linkin Park testemunha acidente fatal

Concerto de Linkin Park testemunha acidente fatal

Timóteo Azevedo

O concerto de Linkin Park a 7 de Novembro na Cidade do Cabo [África do Sul] testemunhou um acidente que resultou no ferimento de 20 pessoas, sendo fatal para uma delas. A jovem não resistiu aos efeitos da queda de uma estrutura temporária que colapsou devido ao vento forte.

A estrutura era composta por uma torre em andaime instalada no exterior do Estádio da Cidade do Cabo. O incidente aconteceu por volta das 18h55, depois de fortes rajadas de vento terem feito tombar parte da torre que atingiu as vítimas. A restante estrutura foi desmantelada e o concerto realizou-se tal como agendado, apesar de com um atraso considerável. Os Linkin Park actuaram perante mais de 70 mil pessoas.

“Queremos expressar a nossa profunda tristeza e consternação pelos feridos e as nossas sentidas condolências à família da fã que faleceu como consequência dos ferimentos”, declararam os Linkin Park no seu site oficial. “Apesar de não termos qualquer relação com o promotor ou a entidade responsável pela instalação da estrutura, levamos muito a sério a segurança dos nossos fãs e os nossos pensamentos estão com todos os que foram afectados por esta tragédia.”

A Big Concerts, responsável pela organização do evento, declarou que a estrutura tinha sido pré-aprovada por engenheiros estruturais e seguia todas as normas de segurança. “A Big Concerts gostaria de expressar as suas mais profundas simpatias e condolências às pessoas feridas e em particular à família da fã que faleceu tragicamente dos ferimentos”, declarou a empresa no rescaldo do acidente.

Situada na confluência do oceano Atlântico e do oceano Índico, a Cidade do Cabo regista frequentemente ventos fortes que mudam constantemente de direcção. No seguimento do acidente, foi iniciada uma investigação por parte dos organismos municipais.

EGITANA