Dave Mustaine explica porque é tão odiado

Dave Mustaine explica porque é tão odiado

Tiago da Bernarda

O líder dos Megadeth revelou a sua teoria e os Metallica estão envolvidos nela.

Dave Mustaine saiu dos Metallica em 1983, pouco antes das gravações de “Kill Em All”, devido a problemas de alcoolismo. Nesse mesmo ano, formou os Megadeth. 33 anos depois, em entrevista à Westword, o guitarrista disse que a sua saída dos Metallica é a razão fracturante que o tornou num alvo de ódio.

«Acho que grande parte [desse ódio] vem da minha separação com os Metallica. Há imensa gente que se apegou a esta rivalidade, e nem sabem porque é que estão a escolher um lado», confessou Mustaine. «Não tenho nada contra os fãs de Metallica. Eu estive dos dois lados. Eu gosto do Lars [Ulrich] e do James [Hetfield]. E, ao contrário do que muitos pensam, eu acho que o Kirk [Hammett] é um bom guitarrista.»

Mas admite que nem sempre foi assim: «No início, quando estava mais amargo com a situação, sim, haviam grandes discussões. Eles justificavam porque é que me queriam fora da banda, e eu tentava sempre contra-argumentar. Isso perpetuou-se vezes e vezes sem conta. Mas isso já foi resolvido. Não tenho nenhuma rivalidade com esses gajos. Estamos em bandas completamente diferentes.»