David Bowie: The Man Who Sold The World reeditado com título e capa originais

David Bowie: The Man Who Sold The World reeditado com título e capa originais

Redacção

A Parlophone Records vai reeditar “The Man Who Sold the World”, de 1970, mas, além de remasterizado por Tony Visconti, o disco terá título, capa e interior… originais. “Metrobolist” – era este o nome que Bowie queria para o seu terceiro álbum – chega a 6 de Novembro.

Em 1970, David Bowie dava ao mundo o seu terceiro disco. Mas depois de os primeiros álbuns terem sido homónimos, o artista inglês pretendia chamar “Metrobolist” à sua nova criação, em homenagem ao filme com o mesmo nome de Fritz Lang, de 1927. No entanto, para o seu lançamento nos Estados Unidos, a Mercury Records, sem consultar o Camaleão, intitulou a obra de “The Man Who Sold the World”.

Pois bem, agora, 50 anos depois da edição do disco de “The Supermen” ou “Black Country Rock”, a Parlophone quer corrigir a história e vai por isso reeditar “The Man Who Sold the World” sob o nome de “Metrobolist” e com capa e interiores originais, da autoria de Mike Weller. No seu interior, o disco apresenta também imagens inéditas da sessão fotográfica de Keith MacMillan em Haddon Hall.

 

Quanto à música, a maior parte das músicas foram remisturadas e remasterizadas pelo produtor original Tony Visconti, com excepção de “After All”, que Visconti considerou perfeita tal como está, segundo um comunicado de imprensa.

Com saída a 6 de Novembro, a reedição será prensada em vinil preto de 180 gramas, bem como em edições de vinil com edição limitada numeradas em ouro e branco. O áudio será também disponibilizado em plataformas digitais.

“Metrobolist” é o mais recente de uma série de lançamentos de arquivos de David Bowie. Este ano já trouxe “ChangeNowBowie“, com nove faixas inéditas de uma sessão acústica em Nova Iorque em 1996, o primeiro lançamento comercial do álbum “LiveandWell.com“, da era “Earthling” – ao vivo e ainda “Something in the Air“, um álbum ao vivo que capta uma performance de 1999 em Paris. Além disso, uma edição limitada de uma reedição em vinil do álbum de Bowie de 1975, “Young Americans”, deverá também ser lançada a 18 de Setembro.

The Width of a Circle
All the Madmen
Black Country Rock
After All
Running Gun Blues
Saviour Machine
She Shook Me Cold
The Man Who Sold the World
The Supermen

 

EGITANA