Dead Can Dance em Portugal em 2019

Dead Can Dance em Portugal em 2019

Redacção

Seis anos após o lançamento do último álbum, Brendan Perry e Lisa Gerrard têm regresso marcado às edições, e às actuações ao vivo, com passagem pela Aula Magna, em Lisboa, nos dias 23 e 24 de Maio de 2019.

Os Dead Can Dance juntaram-se, pela primeira vez, em 1981, em Melbourne, na Austrália e deram a conhecer o seu primeiro álbum três anos mais tarde. Fascinados por diferentes vertentes da tradição espiritual e pela história antiga e medieval da Europa, o grupo domina a complexa tarefa de reunir todas estas inspirações num projecto musical de profunda integridade e rara beleza artística. A vertente emocional, que os atraiu para a música, é a mesma que atrai fãs por todo o mundo e que transformou os Dead Can Dance num projecto universal, e intemporal.

Depois de se separarem em 1998, a banda voltou a reunir-se em 2005 para uma série de concertos e reapareceu, em 2011, com “Anastasis”, o último álbum editado.

Em Abril deste ano foi pelo Twitter que Brendan Perry anunciou que os Dead Can Dance foram até aos míticos estúdios Abbey Road para masterizar um novo álbum, o segundo desde a reunião de Perry e Lisa Gerrard em 2011.

“Dionysus” é o novo álbum que será editado a 2 de Novembro.

A banda, que não toca ao vivo desde o final da tour de 2013, está igualmente de regresso aos palcos e chega à Aula Magna com duas actuações, dias 23 e 34 de Maio. Os bilhetes estão disponíveis a partir de dia 7 de Setembro, sexta-feira, em bol.pt e locais habituais (CTT, FNAC, El Corte Inglès).

O preço dos bilhetes para “A CELEBRATION – LIFE & WORKS 1980-2019” é de 60€ (Doutorais) e 50€  (Anfiteatro Inf. e Sup.).