Dev Hynes despedido!

Dev Hynes despedido!

Nero

Ouve a banda sonora, criada por Dev Hynes para um filme, que foi rejeitada.

O motor de Blood Orange, o produtor e multi-instrumentista Dev Hynes foi contratado para trabalhar a banda sonora de um filme. Contudo, Hynes acabou por ver a música rejeitada e ser despedido – imagine-se o luxo de despedir Dev Hynes…

Com o trabalho completo nas mãos, o músico disponibilizou gratuitamente a música rejeitada via YouTube, explicando: «Passei os últimos meses a trabalhar na música para um filme, mas acabei despedido. Tudo numa boa. Aqui fica alguma da música. Ouçam e dispersem-se se quiserem. A Pintura é da Alice Lancaster».

A música, essencialmente atmosférica, foi trabalhada com violoncelo, piano, flautas, um Ewi Yamaha WX7 e sintetização com um Juno 106. Há momentos em que soa a Vangelis, no experimental “Beaubourg”.

EGITANA