Em Autobiografia, Matt Sorum Explica Porque Não Participou na Reunião dos Guns N’ Roses

Em Autobiografia, Matt Sorum Explica Porque Não Participou na Reunião dos Guns N’ Roses

Redacção

Sem mágoa aparente, Matt Sorum fala sobre o facto de não ter sido convidado para a tour de reunião dos Guns N’ Roses, sobre a lealdade de Axl Rose e ainda sobre os seus novos projectos. Está tudo no livro “Double Talkin’ Jive”: True Rock ‘N’ Roll Stories”.

O antigo baterista dos Guns N’ Roses, Matt Sorum, revela no seu novo livro, “Double Talkin’ Jive”: True Rock ‘N’ Roll Stories”, que soube da reunião de 2016 de parte da formação clássica da banda através de rumores, embora estivesse numa digressão sul-americana com Slash e Duff McKagan quando deu conta do falatório na Internet.

Segundo a Rolling Stone, na altura Matt Sorum confrontou Duff com o facto de «Axl Rose querer usar o seu baterista [Frank Ferrer]» e pediu-lhe: «Vai ter com Axl e diz-lhe que me queres na bateria». Mas o baixista já não podia fazer nada. «Já assinei o acordo», respondeu Duff.

Matt Sorum diz que ultrapassou o facto de provavelmente nunca mais voltar a tocar com os Guns. «Aceitei o facto de eles estarem a fazer as suas próprias coisas, e eu estou a fazer as minhas. Não posso dizer que, quando aconteceu, fiquei completamente satisfeito com as circunstâncias. Ao mesmo tempo, sinto-me muito bem com o meu tempo na banda».

Questionado sobre qual o motivo de não ter sido convidado para a reunião da banda, Matt disse: «Penso que Axl é um tipo leal. Ele gosta da sua banda que já tem há muito tempo. Se alguém desta banda é leal, é provavelmente ele. Pensou: “Vou trazer o meu homem [Frank Ferrer]. Se receber Slash, isso é fixe. Se receber o Duff, isso também é fixe. E é suficiente”. Foi assim que aconteceu, e é isso que eles estão a fazer».

Matt revelou no entanto que acabou por ser convidado para fazer uma aparição na tour de reunião dos Guns, mas não o fez porque não havia dinheiro envolvido. Quando confrontado sobre se aceitaria participar caso fosse abordado novamente, o baterista foi peremptório: «Acho que teria de esperar até que essa chamada chegasse para tomar essa decisão. Neste momento, tenho um bebé. Tenho um monte de coisas diferentes a acontecer na minha vida. Acabei de produzir o novo disco de Billy Gibbons. Estou prestes a começar o meu próprio álbum. Tenho seis empresas em fase de arranque. Sou um tipo ocupado. Sinto-me muito bem com o meu tempo na banda».

A tour de reunião dos GN’R apresenta Axl Rose, Slash e McKagan ao lado do baterista Frank Ferrer, o teclista Dizzy Reed, o guitarrista Richard Fortus e a teclista Melissa Reese e já rendeu um tema novo, “Absurd”. A seguir a uma longa série de datas nos EUA até ao início de Outubro, a banda chega a Portugal a 4 de Junho de 2022, com primeira parte a cargo de Gary Clark Jr.

Matt Sorum, que substituiu Steven Adler nos Guns, gravou os álbuns “Use Your Illusion I” e “Use Your Illusion II” (ambos de 1991) – o genial e mal amado épico dos Guns N’ Roses – e “The Spaghetti Incident” (1994). Também tocou na digressão “Use Your Illusion”.

O livro de Matt Sorum, “Double Talkin’ Jive”: True Rock ‘N’ Roll Stories”, saiu no dia 7 de Setembro através da Rare Bird Books.

EGITANA