Drive-in concert, o futuro dos concertos ao ar livre até à vacina?

Drive-in concert, o futuro dos concertos ao ar livre até à vacina?

Redacção
Mads Langer

Já todos sabemos que a crise pandémica Covid-19 afectou todas as áreas da cultura, sejam artistas, técnicos, promotores ou profissionais da área. É preciso encontrar soluções rápidas.

Em Portugal já foram apresentadas algumas medidas pelo governo para a retoma de concertos. A partir de dia 1 de Junho, os auditórios e salas espectáculos poderão reabrir com lugares marcados e lotação reduzida que permita distanciamento físico. Até agora ainda não foram anunciadas medidas para espectáculos ao ar livre, e o primeiro ministro, António Costa, já veio dizer que é muito improvável haver festivais de verão, este ano, à semelhança de muitos países europeus que já os proibiram.

Em alguns países têm surgido algumas alternativas como o Drive-in concert. Na Alemanha, Dinamarca ou Lituânia foram organizados concertos em que público fica dentro da sua viatura enquanto assiste ao espectáculo. Na cidade de Aarhus, Dinamarca, foi possível assistir à performance esgotada de Mads Langer, onde foram vendidos 500 bilhetes. O som foi transmitido para dentro dos carros via radio FM.

Em baixo vê uma pequena amostra do drive-in concert em Colónia na Alemanha, onde estiveram presentes 250 carros.