Duarte edita “Sem Dor Nem Piedade”

Duarte edita “Sem Dor Nem Piedade”

Nuno Ribeiro

O fadista de Évora vai editar o seu terceiro álbum no dia 13 de Abril.

“Sem Dor nem Piedade” sucede o álbum de 2009, “Aquelas Coisas Da Gente” e é composto por 4 actos.. É apontado como um disco cinzento, «uma fuga ao “mainstream” que se vive no fado actual. A importância de viver e sentir o lado mais escuro dos dias, não fugindo a este mesmo lado. Um trabalho de contra corrente. Não queremos entreter, mas antes fazer pensar.», pode ler-se no press release.

Duarte descreve o registo desta forma: “Assim como quem não cantar enlouquece, “Sem Dor nem Piedade” carrega pulsões e instintos que se pretendem sublimados, numa tão acutilante partilha de um ego e do seu alter-ego. Num tempo em que quase não nos é permitido sentir, este disco é esse tempo que merecemos e precisamos para nos reparar. Uma arrumação sem fugas à dor e à vista de tudo e todos. Muito mais do que acontecimentos vividos, este disco é a história de lugares sentidos e de um caminho que ironicamente começa no fim, quando a emoção vive o ontem através do hoje e do amanhã e do dia a seguir. Este disco é a história desse fim. E assim será talvez possível pôr em ordem a desordem e, quem sabe, reinventar de novo o amor. Ou, pelo menos, acreditar que assim será.”

Sem Título-2

Alinhamento de “Sem Dor Nem Piedade”:

Primeiro Acto
Introdução: Não é, mãe?
Desassossego (Duarte/Fado Tamanquinhas)
Fado Escorpião (Duarte/Fado Meia-Noite)
Quadras de A6 e de A2 (Duarte/Meia Noite e uma Guitarra)

Segundo Acto
Sextilhas dum dia sozinho (Duarte/Fado Tia Dolores)
Vai de roda (Duarte)
Rosas (Duarte/Carlos Manuel Proença e Duarte)

Terceiro Acto
Gaiata dos beijos doces (Duarte/Tozé Brito)
Boa sorte ou despedida!? (Duarte/Fado Vianinha)
Sete esperanças sete dias(Manuel de Andrade/Fado Cravo)

Quarto Acto
Desculpa se te usei(Duarte/Fado dos Sonhos)
Nós jurámos tantas coisas tantas vezes(Duarte/Fado Versículo)
Quadras dum dia sozinho(Duarte/Carlos Manuel Proença e Duarte)
Conclusão: Pois é, está bem

EGITANA