Fender Sob Alçada da Competition and Markets Authority

Fender Sob Alçada da Competition and Markets Authority

Redacção

Alvo de investigação, ao lado de outras marcas de instrumentos musicais, devido a suspeitas de fixação de preços, a Fender foi multada pelo governo britânico devido a ocultação de documentos fiscais.

A Fender Europe foi multada em 25 mil libras pela Competition and Markets Authority (CMVM britânica), após ter sido descoberto que um dos seus directores ocultou informação fiscal durante uma inspecção aos seus escritórios em East Grinstead, no Reino Unido. A empresa entregou voluntariamente os seus documentos de contabilidade, três semanas após a realização da inspecção.

A Competition and Markets Authority (CMA) deixou claro em comunicado que “não devem ser feitas presunções de que a Fender Europe esteja envolvida em comportamentos anti-competitivos”.

Ann Pope, Senior Director of Antitrust na CMA, afirmou que esta investigação “é um claro sinal de que as empresas devem obedecer às suas obrigações legais quando são alvo de investigações da CMA”. A directora continua: “Ocultar documentos é um assunto muito grave e a decisão de multar a Fender resulta daí. Quando as empresas ocultam provas ou obstam ilegalmente as nossas investigações, torna-se mais difícil a CMA proteger os consumidores”.

A Fender EMEA já reagiu em comunicado:

“Estamos desapontados por ser multados devido às acções individuais de um antigo empregado baseado no Reino Unido, que agiu sem conhecimento da Fender. Não compactuamos com esse tipo de comportamento e estamos satisfeitos por ver que a CMA reconheceu que a Fender, após tomar consciência dessas acções individuais, imediatamente investigou, localizou e disponibilizou os respectivos documentos”.

A investigação prossegue.

De resto, a CMA está actualmente a investigar várias das empresas de guitarras e tecnologia musical – incluindo a Fender, Roland, Yamaha e Korg – a respeito de práticas desleais de fixação de preços. Qualquer empresa que seja considerada culpada de promover a fixação de preços pode ser multada num valor de até 10% do seu volume de negócios global.

Recentemente, a Fender lançou alguns novos produtos focados no território europeu, nomeadamente a Squier FSR Classic Vibe ’50s Esquire e os novos modelos Blacktop.