Festival Entre Quintas junta música e vinho com recitais de beneficência

Festival Entre Quintas junta música e vinho com recitais de beneficência

Redacção

Entre Quintas é um festival com curadoria da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, realiza-se entre os dias 11 e 19 de Julho, no Casal Branco, em Almeirim, e na Casa Cadaval, em Muge, e visa ajudar os músicos a recuperar dos meses sem actividade (nem remuneração), devido à pandemia.

Duas quintas com história secular assumem a realização de uma experiência de fusão musical e vínica com quatro recitais que proporcionarão a todos a “possibilidade de aliar a sofisticação musical com a experiência vínica, emoldurados pela elegância e beleza dos espaços envolventes“.

O festival, que se realiza em diferentes espaços destas propriedades, usufruindo de cenários naturais, é também uma homenagem às figuras emblemáticas de Olga Cadaval e Maria Lívia Braamcamp Sobral, senhoras de grande cultura e sensibilidade artística que deram renome às propriedades que administraram, respetivamente, a Casa Cadaval e a Quinta do Casal Branco.

À música de compositores russos, executada por um quarteto de cordas, juntam-se os sons da flauta e harpa com repertório de diferentes estilos, o famoso conto musical “O Pedro e o Lobo”, apresentado pelo Quinteto de Madeiras e um concerto com música das Américas com um ensemble de metais. Para os apreciadores de Jazz, está reservada ainda uma tarde com uma banda que irá tocar temas célebres daquele estilo musical, constituída por Elsa Frias (voz), Vasco Finuras (guitarra), Ricardo Duarte (baixo) e Patrick Simeão (bateria).

O Entre Quintas tem a colaboração e parceria da Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, orientada pelo diretor artístico Nikolay Lalov.

Ao participar neste festival, o público está também a ajudar os músicos a recuperar dos meses sem actividade nem remuneração, devido à pandemia.

Fica a saber o programa completo aqui.