Festival Kalorama Lisboa Confirma Arctic Monkeys, The Chemical Brothers e Kraftwerk e Muito Mais

Festival Kalorama Lisboa Confirma Arctic Monkeys, The Chemical Brothers e Kraftwerk e Muito Mais

Redacção
Zack Michael

O festival de música, arte e sustentabilidade tem data marcada para 1, 2 e 3 de Setembro de 2022, no Parque da Bela Vista (Lisboa).

Além dos Arctic Monkeys – que escolheram o festival para o seu único concerto em Portugal no próximo ano – o lineup também inclui The Chemical Brothers, Kraftwerk, Ornatos Violeta, Chet Faker, Moderat, Blossoms, Peaches e The Lathums.

Localizado num dos maiores parques urbanos da capital – e um dos spots mais privilegiados da cidade graças à sua (extensa) área verde, proximidade aos transportes públicos, aeroporto e centro da cidade tendo, até, vista para o rio no seu ponto mais alto -, é precisamente a este Parque que o festival deve o seu nome, já que “kalorama” significa “bela vista” em grego – e os gregos, como se sabe, inspiraram a cultura e as manifestações culturais ao longo da história. Promovido pela House of Fun e pela Last Tour, o festival abrirá as suas portas pela primeira vez no próximo ano, celebrando uma nova era e novos comportamentos, alinhado com a Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis.

Arctic Monkeys é o primeiro cabeça de cartaz confirmado para o festival. Depois de terem anunciado, para rejúbilo dos fãs, um novo álbum em 2022, a banda também estará de volta à estrada no próximo ano e escolheu o Kalorama em Lisboa para receber o seu único concerto em Portugal nesse ano. Confirmada também está a dupla britânica de música eletrónica The Chemical Brothers , outro dos cabeças de cartaz do festival que este ano voltou com novidades, mais concretamente novos temas, mesmo a tempo de começar a aquecer para a primeira edição do festival. A lista continua com mais nomes level-A como os alemães Kraftwerk, um dos projetos de eletrónica mais importante da história da música que no próximo ano voam diretamente de Dusseldorf para aterrarem no Parque da Bela Vista.

a “jogar em casa” está a banda de culto portuguesa Ornatos Violeta, que tem reencontro com o público garantido em setembro de 2022, para um concerto que – no mínimo – será arrebatador. Outro nome que dispensa apresentações é Chet Faker. Com uma legião de fãs em Portugal, o artista lançou recentemente um novo álbum (Hotel Surrender), fortemente aclamado pela crítica e classificado como “excelente e inesperado”. Já o trio Moderat também se antecipa um dos concertos desejados do próximo ano, especialmente depois de terem anunciado muito recentemente, nas suas redes socais, nova digressão e um possível quarto álbum.

O festival vai, também, dar as boas-vindas aos Blossoms, banda que logo no seu primeiro álbum (editado em 2016) subiu ao topo das paradas britânicas destronando grandes artistas de então e que em setembro de 2022 subirá a palco para matar saudades do público português. Também a artista canadense Peaches está de volta a Portugal para mais uma atuação eletrizante, como é seu apanágio, onde certamente não faltará o seu hit “F*** the Pain Away”, recentemente recapultado para a ribalta com a série Sex Education. Para completar este primeiro anúncio há uma estreia absoluta em Portugal: The Lathums, que atuam pela primeira vez no país. A banda indie tem tido um 2021 de arromba e depois de terem alcançado o #1 em UK com o tema de estreia “How Beautiful Life Can Be”, esgotaram o Victoria Warehouse com um concerto majestoso e, mais recentemente, lançaram um single de Natal que a crítica já diz ser provavelmente o melhor do ano.

Mas não só de música se faz o Kalorama. Além de uma proposta musical de alta qualidade, que representa o melhor da música atual nacional e internacional dando espaço tanto a artistas/bandas já consagrados como a novas apostas, o festival também chega com uma preocupação sustentável, comprometido com os temas da Agenda 2030. Com o objetivo de reduzir ao máximo o seu impacto ambiental e, ao mesmo tempo, gerar benefícios culturais, sociais e económicos duradouros e capazes de fomentar o desenvolvimento e crescimento da comunidade local, o festival está empenhado em implementar um modelo sustentável, capaz de envolver público e parceiros em iniciativas que visam transformar mentalidades e comportamentos. Para isso serão adotadas um conjunto de medidas que passam pela inclusão social, transparência de todos os processos, utilização de energias menos poluentes e mais acessíveis, fomento do comércio local, otimização e reutilização de recursos, formação à equipa e parceiros, entre outras.

Os bilhetes para a primeira edição do Kalorama ficam disponíveis no próximo dia 1 de Dezembro. Mas mais vale começar já a testar a ligação à internet pois a partir de hoje já é possível subscrever a lista de espera, em kalorama.pt, para no dia 29 de Novembro ter acesso a uma pré-venda exclusiva que garantirá condições ultra especiais, com passes para os três dias a custarem, apenas, 80€.

EGITANA