Fundo De Emergência Salva Cavern Club da Falência

Fundo De Emergência Salva Cavern Club da Falência

Redacção

O lendário Cavern Club de Liverpool e o The Brudenell de Leeds estão entre as salas independentes de concertos que vão receber uma parcela de 257 milhões de libras do fundo criado pelo governo inglês para combater o impacto económico do coronavírus.

Serão 1.385 os teatros, museus e organizações culturais de toda a Inglaterra que beneficiaram de uma subvenção de 257 milhões de libras – a maior fatia do Fundo de Recuperação Cultural do governo até à data, no valor de 1,57 mil milhões de libras.

O Cavern Club em Liverpool e o The Brudenell em Leeds estão entre esses clubes, teatros e organizações culturais que receberam apoio financeiro ao abrigo dessa linha de salvação que o governo inglês criou para sobreviver ao impacto financeiro do coronavírus.

O Cavern, que acolheu os primeiros concertos dos Beatles, recebeu 525.000 libras para financiar a gravação de espectáculos de músicos locais, que serão transmitidos online para proporcionar oportunidades de emprego a pessoal técnico e artistas de toda a região de Merseyside.

Já o The Brudenell, amplamente considerado como um dos maiores clubes do Reino Unido, receberá também 220.429 libras para acolher um evento semanal gratuito, bem como livestreams.

A linha de vida crucial contra os efeitos financeiros do coronavírus vem depois de organizações culturais terem inicialmente solicitado apoio ao Arts Council England em Agosto. Todos os locais a receberem financiamento hoje são aqueles que solicitaram subsídios inferiores a £1m e incluem também o Wigmore Hall de Londres e o Yorkshire Sculpture Park.

O Secretário da Cultura, Oliver Dowden, afirmou que «este financiamento é um impulso vital para os teatros, locais de música, museus e organizações culturais e irá proteger estes lugares especiais, salvar empregos e ajudar à recuperação do sector cultural».

O financiamento para o Cavern vem meses depois do presidente da câmara de Liverpool, Joe Anderson, ter avisado que a cidade poderia perder o local para sempre se não conseguisse assegurar o financiamento. «A perspectiva de perder uma jóia nacional como The Cavern é um cenário horrível para todos os interessados, sejam eles fãs dos Beatles, amantes de música e sobretudo aqueles cuja subsistência depende disso», disse Anderson em Junho.

O anúncio do financiamento vem depois do The Music Venue Trust ter anunciado um estado de alerta vermelho e mobilizado o apoio público para salvar centenas de locais. O MVT declarou a situação “crítica” no mês passado, com o destino de centenas de locais ainda pendurados na balança. Muitos mais hoje irão descobrir que não receberam financiamento de emergência.

EGITANA

fender