Giorgio Moroder, “Déjà Vu”

Giorgio Moroder, “Déjà Vu”

Redacção

Depois da ressuscitação, promovida pelos Daft Punk, “Déjà Vu”, o lendário produtor disco Giogio Moroder regressou aos álbuns. Em 2015 chegou “Déjà Vu”, trinta anos após o seu último trabalho discográfico.

Depois da ressuscitação, promovida pelos Daft Punk, “Déjà Vu”, o aguardado novo álbum de Giorgio Moroder, chega às lojas a 15 de Junho, 30 anos após o seu último trabalho individual. O novo trabalho de Giorgio Moroder conta com um alinhamento de luxo, incluindo participações de nomes como Britney Spears, Sia, Charli XCX, Kylie Minogue, Mikky Ekko, Foxes, Matthew Koma, Kelis e Marlene.

O press da Sony: «Aos 74 anos, o produtor, compositor, performer e Dj Italiano continua no epicentro da cultura EDM. Nos últimos anos, Moroder colaborou com estrelas como Daft Punk (em Random Access Memories), Lady Gaga e Tony Bennett (fazendo o remix para “I Can’t Give You Anything but Love”), Colplay (no tema “Magic”) , entre muitos outros. Moroder participou recentemente enquanto DJ em festivais no Japão, Suécia, México Alemanha, bem como no HARD’s Day Of The Dead, em Los Angeles, e no Pitchfork Music Festival, no ínicio de 2014.

Na sua extensa carreira, Giorgio Moroder trabalhou com nomes como Barbra Streisand, Elton John, Donna Summer, Cher, Janet Jackson, Chaka Khan, Freddie Mercury, Blondie e David Bowie. É apontado como um dos grandes responsáveis pelo sucesso da Rainha do Disco – Donna Summer, colaborando nos seus maiores êxitos como “Love to Love you Baby”, “Hot Stuff” e “I Feel Love”. Em 1997, o DJ, produtor e compositor venceu o Grammy para Best Dance Recording com a canção “Carry On”. Recentemente colaborou com os Verve em “Love to Love you Donna”, álbum de homenagem à Rainha da Disco e que contou com remixes de notáveis como Afrojack, Hot Chip, Laidback Luke, Masters at Work, entre outros.

Com uma longa lista de colaborações em diversas bandas sonoras originais, Giorgio Moroder é responsável por trabalhos como a banda sonora de “Scarface”, assim como o intemporal “Take My Breath Away” (Top Gun), “Flashdance”, e “Call me” de Blondie (American Gigolo). Moroder compôs ainda a banda sonora para “The Never Ending Story”, “Superman III”, “Rambo III” e “Beverly Hills Cop II”.

Aos 74 anos, Moroder conta com 3 Óscares da Academia, 4 Globos de Ouro, 4 Prémios Grammy e mais de 100 discos de ouro e platina.Em 2004, foi apontado para o Dance Music Hall of Fame, 11 anos depois prepara-se para lançar novo trabalho, mostrando que a idade é apenas um número e que tão cedo não se irá retirar».

O novo single é aquele que dá título ao álbum, “Déjà Vu”, e conta com a convidada Sia.