Guitarra dos Arctic Monkeys já rendeu mais de 110 mil euros

Guitarra dos Arctic Monkeys já rendeu mais de 110 mil euros

Redacção

«Para eles é uma guitarra, para nós é uma linha de vida». Foi assim que os responsáveis do The Leadmill, em Sheffield, reagiram ao saberem que a Fender Stratocaster preta de Alex Turner, sorteada para ajudar aquela sala independente, já tinha rendido mais de 110 mil euros.

O The Leadmill em Sheffield manifestou a sua gratidão depois de os Arctic Monkeys terem angariado mais de 110 mil euros com a campanha de crowdfounding que lançaram há pouco mais de uma semana.

A banda lançou uma campanha para vender a Fender Stratocaster preta de Alex Turner (utilizada em muitas das primeiras actuações da banda, incluindo concertos no The Leadmill e no Reading Festival em 2006) por forma a ajudar a angariar dinheiro para aquela sala de Sheffield e para outros locais independentes no Reino Unido que foram afectados pela pandemia do coronavírus.

«Não posso acreditar que estamos acima das 100.000 libras», disse a gerente da sala, Leadmill Rebecca Walker, em declarações à NME. «É uma quantia insana e vai assegurar não só os tijolos e argamassa dos locais, mas também os seus membros-chave, as pessoas. Ficámos tão tão gratos. Não podíamos agradecer o suficiente aos rapazes por nos ouvirem e nos permitirem chegar até eles, mas também a sua generosidade. Para eles, é apenas uma guitarra, mas para nós é uma linha de vida – é uma questão de saber se um local pode ficar aberto ou não. Foi tão bom saber que não importa quão grandes sejam ou onde estejam no mundo, eles ainda estão preocupados com a crise de como os locais se estão a sair em casa. Eles ficaram muito contentes por ajudar. As pessoas estão a doar de todo o mundo, do Japão ao Brasil».

A banda também já agradeceu, através de um post no Instagram, a participação de todos os que tornaram possível a angariação de um montante tão elevado e crucial numa altura em que a indústria, em todo o mundo (Portugal não é, obviamente, excepção), se debate com uma crise sem precedentes.