Guitarrista de Banda Tributo dos Kiss Começa a Arder Durante Concerto

Guitarrista de Banda Tributo dos Kiss Começa a Arder Durante Concerto

António Maurício

Bobby Jensen, dos Hairball (banda tributo dos KISS) não tremeu, não olhou para trás e não falhou uma nota enquanto o cabelo estava a arder. Aconteceu durante a performance de “Detroit Rock City”.

O episódio aconteceu há um ano atrás. Os Hairball, banda de tributo aos Kiss, estavam a tocar em Sioux City, Iowa, quando o cabelo do guitarrista começou a arder após a explosão de pirotecnia. O espectáculo de fogo é normalmente disparado durante a performance do clássico “Detroit Rock City” e dessa vez Bobby Jensen foi apanhado pelo fogo.

O acontecimento foi captado através de um telemóvel e podemos ver um colega de banda a tentar, sem sucesso, apagar o fogo. Depois disso, a road crew dos Hairball entrou em palco e resolveu o problema definitivamente. Com todo este drama em palco, o mais incrível é que Bobby Jensen não tremeu, não olhou para trás e não falhou uma nota.

Em entrevista ao Ultimate Classic Rock, o guitarrista disse:«Tenho um vida ao estilo Evil Knievel, por isso se estiver um bocadinho a arder, não me importo, faz parte da diversão. Percebi logo que estava a arder, e não tinha nenhuma peruca, aquilo era o meu cabelo». A banda nunca teve problemas com pirotecnia, mas Bobby também referiu: «Estamos sempre preparados. Por isso é que fiquei tranquilo. Tenho 100% confiança na minha equipa, sabia que me iam ajudar. Por isso pensei, vou continuar a cantar enquanto estou a arder».

A propósito, vale a pena lembrar que os Kiss passaram por Oeiras, num concerto com menos acidentes piro-técnicos, mas inesquecível. Aproveitamos para recordar que a digressão de despedida da famosa banda, “End of The Road”, passa por Portugal em 2020. O concerto acontece na Altice Arena, dia 07 de Julho.

Vê o vídeo no player abaixo.