Já podes pedir a devolução de bilhetes de espectáculos adiados de 2020 para 2022

Já podes pedir a devolução de bilhetes de espectáculos adiados de 2020 para 2022

Redacção

Os portadores de bilhetes para um concerto ou festival de 2020 que foi reagendado para 2022, podem pedir o reembolso, «no prazo de 14 dias úteis a contar da data prevista para a realização do evento no ano de 2021».

Foi hoje aprovado em conselhos de ministros novas regras para a devolução de bilhetes de espectáculos. Segundo o comunicado, «no caso dos espetáculos e festivais inicialmente agendados para o ano de 2020 e que ocorram apenas em 2022, prevê-se que: os consumidores possam pedir a devolução do preço dos bilhetes, no prazo de 14 dias úteis a contar da data prevista para a realização do evento no ano de 2021». Caso o pedido de reembolso não seja efectuado «considera-se que aceita o reagendamento do espetáculo para o ano de 2022».

O Governo diz ainda que «o mesmo acontece com os vales emitidos com validade até ao final do ano de 2021, que passam a ser válidos até ao final do ano de 2022».

Na mesma reunião ficou prevista a possibilidade de, durante o ano de 2021, serem realizados, em articulação com a Direção-Geral da Saúde, eventos teste-piloto, para a definição das orientações técnicas a serem seguidas face à evolução da pandemia da doença COVID-19.

Ao abrigo do novo plano de desconfinamento do Governo, anunciado a 11 de Março, os teatros, auditórios, salas de espectáculos e cinemas podem reabrir a partir de 19 de Abril mas com horário reduzido.

EGITANA