Jerry Cantrell diz que James Hetfield é o padrinho do metal

Jerry Cantrell diz que James Hetfield é o padrinho do metal

Redacção

Em dia de aniversário, o líder dos Metallica recebeu um mimo do guitarrista dos Alice in Chains Jerry Cantrell, que o considera o verdadeiro padrinho do metal devido à sua “presença física“.

Ao longo da sua já longa carreira, o guitarrista dos Alice In Chains Jerry Cantrell tem trabalhado com muitos nomes impressionantes, de Ozzy Osbourne aos The Cult, passando pelos Pearl Jam ou pelos Danzig. Mas há uma pessoa que ainda é capaz de reduzir Cantrell a um fã. Quem? James Hetfield, líder incontornável dos Metallica.

Em declarações ao site Louder than Sound, Cantrell presta homenagem a Hetfield, que completa, dia 3 de Agosto, 57 anos de idade, e explica porque é que James será sempre o seu ícone musical. “Há muito tempo, eu e o Sean [Kinney, baterista dos Alice In Chains] reunimo-nos com James Hetfield e Robert Trujillo para fazer um espectáculo de beneficência em Los Angeles. James pediu-me mesmo para cantar “Them Bones” e “Would?” e eu estava a pensar: ‘Right on! Então fizemos essas duas canções e depois fizemos Nothing Else Matters. Foi uma das coisas mais fixes que já fiz em toda a minha vida“, revelou.

Como guitarrista, venho da escola de rock Malcolm Young [dos AC/DC], que é sobre ritmo e composição de canções. Se falar com alguém, não sou realmente conhecido como um solista virtuoso. Para mim é ritmo, timbre e arranjo. Penso que o James também vem dessa escola“, continuou Cantrell.

O que faz de James um frontman tão grande é a sua presença física. Ninguém mais merece o mesmo tipo de respeito e atenção sem que seja egoísta ou egocêntrico. Ele tem tudo a ver com a música, tem tudo a ver com a diversão e a celebração e a ligação com os fãs. E isso, para mim, é realmente inspirador. Especialmente porque ele fez isto durante tanto tempo, e está no topo há tanto tempo e continua à procura de um significado mais profundo. Mal posso esperar para ver o que ele faz a seguir. Ele pegou numa coisa subterrânea e levou-a para todo o mundo. Os Metallica são uma coisa enorme para mim e para qualquer banda de hard rock ou metal. Ficará ele na história como um ícone do rock? Ele já o fez – ele é o padrinho, o homem!“, concluiu o guitarrista dos Alice in Chains.

Podes ver o padrinho do metal a dar uma ‘ajudinha’ em Would?, com os Alice in Chains, em 2006: