John Frusciante disponibiliza um monte de música gratuita

John Frusciante disponibiliza um monte de música gratuita

Tiago da Bernarda

O antigo guitarrista dos Red Hot Chili Peppers publicou também uma carta aberta para justificar a sua decisão.

John Frusciante disponibilizou recentemente novo material, trabalhado ao longo dos anos, grauitamente. Numa carta aberta, o guitarrista explica como tem andado a criar música, não para apelar a um certo público, as apenas pela vontade de criar música.

«Actualmente, publiquei um conjunto de 19 minutos com seis músicas que fiz em 2010, com três guitarras e uma caixa de ritmos. Diria que é um conjunto de solos de guitarra esquisitos. Utiizei uma guitarra Mosrite Ventures, uma Yamaha SG, e uma Elektron Machinedrum. Numa das músicas utilizei também uma Roland TR 707», escreve Frusciante. “Também disponibilizei um conjunto de 37 minutos com faixas feitas entre 2009 e 2011, gravadas no meu estúdio, fase em que aprendi a produzir. Pus também uma versão de 20 minutos de Sect in Sgt, uma faixa feita inteiramente de samples, na íntegra».

O guitarrista depois explica o porquê por detrás da sua decisão. «Hoje em dia, disponibilizar música gratuitamente é tão comum e mostra como a expressão artística é uma questão de oferta e não de venda», escreve. «Acredito que deve-se fazer música apenas pelo amor à música, independentemente se alguém tenciona vendê-la. A criação é a fonte da vida enquanto fazer dinheiro é o que a pessoas fazem para comer, comprar roupa e outras necessidades, e uma forma de impor a nossa avareza».




EGITANA