Óscares 2020: Os vencedores nas categorias de Música e Som

Óscares 2020: Os vencedores nas categorias de Música e Som

António Maurício

Hildur Guðnadótti é a primeira mulher a receber um Óscar em 23 anos. Conhece também os vencedores das categorias: Melhor Canção Original, Melhor Edição de Som ou Melhor Mistura de Som.

A 92º cerimónia de entrega dos Óscares realizou-se mais uma vez em Hollywood com o objectivo de premiar os melhores actores, técnicos e filmes do ano de 2019. O filme com o maior número de nomeações foi “Joker”, com um total de onze, mas o grande vencedor da noite foi o filme sul-coreano “Parasite”, com a recepção de quatro Óscares – “Melhor Filme”, “Melhor Realizador”, “Melhor Argumento Original” e “Melhor Filme Internacional”.

No campo da Arte Sonora, o Óscar para Melhor Banda Sonora Original foi atribuído a “Joker”. As músicas do filmes foram criadas pela compositora Hildur Guðnadótti, tornando-se a primeira mulher a vencer um Óscar em 23 anos. Hildur protagonizou um processo incomum de composição musical para o filme, porque a criação musical aconteceu antes das captações de imagem. Temos um artigo de Janeiro sobre a carreira da compositora, relembra aqui. A banda sonora de Hildur Guðnadótti saiu vitoriosa contra Thomas Newman (1917), Randy Newman (Marriage Story) ou John Williams (Star Wars: The Rise of Skywalker).

A Melhor Canção ficou nas mãos de Elton John e Bernie Taupin, com “(I’m Gonna) Love Me Again” para o filme biográfico “Rocketman”. O filme biográfico sobre Elton John reproduz a vida do músico, apresentado a sua viagem profissional e pessoal até se tornar num ícone internacional. Competia com Kristen Anderson-Lopez (Frozen 2), Randy Newman (Toy Story 4) ou Diane Warren (Breakthrough).

“Ford v Ferrari”, o filme sobre a construção de um carro de corrida para a Ford Motor conseguir derrotar o domínio de Enzo Ferrari nas 24 horas de Le Mans, levou para casa o prémio de Melhor Edição de Som. O trabalho sonoro foi realizado por Donald Sylvester e esta foi a sua primeira nomeação! Outros nomeados para esta categoria incluíam “Joker”, “1917” ou “Star Wars: The Rise of Skywalker”.

A Melhor Mistura de Som, a última categoria relacionada com a audição, foi entregue a “1917”. Mark Taylor e Stuart Wilson foram os produtores/mixers encarregues de dar vida sonora ao filme de drama sobre a Primeira Guerra Mundial.

A noite de Hollywood recebeu ainda uma performance musical surpresa. Eminem subiu ao palco para uma performance de “Lose Yourself”, a música que recebeu o Óscar de Melhor Canção em 2003, com o filme “8 Mile”. Billie Eilish também esteve no palco, com uma cover de “Yesterday” dos The Beatles, e Elton John tocou “(I’m Gonna) Love Me Again”. A noite contou ainda com a actuação de Janelle Monáe, que teve honras de abertura da cerimónia.

Vê a lista dos principais nomeados e vencedores dos Óscares 2020 abaixo. Lista completa (em inglês) aqui.

Melhor Banda Sonora Original
Hildur Guðnadóttir (Joker)
Thomas Newman (1917)
Alexandre Desplat (Mulherzinhas)
Randy Newman (Marriage Story)
John Williams (Star Wars: A Ascensão de Skywalker)

Melhor Canção
(I’m Gonna) Love Me Again (Elton John, Rocketman)
Into the Unknown (Kristen Anderson-Lopez, Robert Lopez, Frozen 2)
Stand Up (Cynthia Erivo, Joshua Campbell, Harriet)
I Can’t Let You Throw Yourself Away (Randy Newman, Toy Story 4)
I’m Standing With You (Diane Warren, Breakthrough)

Melhor Edição de Som
Ford v Ferrari – Donald Sylvester
Joker – Alan Robert Murray
1917 – Oliver Tarney e Rachael Tate
Once Upon a Time in Hollywood – Wylie Stateman
Star Wars: The Rise of Skywalker – Matthew Wood e David Acord

Melhor Mistura de Som
1917 – Mark Taylor e Stuart Wilson
Ad Astra – Gary Rydstrom, Tom Johnson e Mark Ulano
Ford v Ferrari – Paul Massey, David Giammarco e Steven A. Morrow
Joker – Tom Ozanich, Dean Zupancic e Tod Maitland
Once Upon a Time in Hollywood – Michael Minkler, Christian P. Minkler e Mark Ulano

Melhor Filme
Parasitas 
O Irlandês
Era Uma Vez… em Hollywood
Joker
Marriage Story
1917
Mulherzinhas
Jojo Rabbit
Le Mans ’66: O Duelo

Melhor Realizador
Bong Joon Ho – Parasitas
Sam Mendes – 1917
Quentin Tarantino – Era Uma Vez… em Hollywood
Martin Scorsese – O Irlandês
Todd Phillips – Joker

Melhor Actor
Joaquin Phoenix – Joker
Adam Driver – Marriage Story
Leonardo DiCaprio – Era Uma Vez… em Hollywood
Antonio Banderas – Dor e Glória
Jonathan Pryce – Os Dois Papas

Melhor Actriz
Renée Zellweger – Judy
Charlize Theron – Bombshell: O Escândalo
Scarlett Johansson – Marriage Story
Cynthia Erivo – Harriet
Saoirse Ronan – Mulherzinhas

Melhor Actor Secundário
Brad Pitt – Era Uma Vez… em Hollywood
Tom Hanks – A Beautiful Day in the Neighborhood
Al Pacino – O Irlandês
Joe Pesci – O Irlandês
Anthony Hopkins – Os Dois Papas

Melhor Actriz Secundária
Laura Dern – Marriage Story 
Scarlett Johansson – Jojo Rabbit
Florence Pugh – Mulherzinhas
Margot Robbie – Bombshell: O Escândalo
Kathy Bates – O Caso de Richard Jewell

Melhor Argumento Adaptado
Taika Waititi – Jojo Rabbit
Steve Zaillian – O Irlandês
Anthony McCarten – Os Dois Papas
Greta Gerwig – Mulherzinhas
Todd Phillips e Scott Silver – Joker

Melhor Argumento Original
Bong Joon Ho e Han Jin Won – Parasitas
Quentin Tarantino – Era Uma Vez… em Hollywood
Noah Baumbach – Marriage Story
Sam Mendes e Krysty Wilson-Cairns – 1917
Rian Johnson – Knives Out

Melhor Filme de Animação
Toy Story 4
I Lost My Body
Como Treinares o Teu Dragão: O Mundo Secreto
Mr. Link
Klaus

Melhor Documentário
American Factory
For Sama
Honeyland
The Cave
Democracia em Vertigem

Melhor Filme Internacional
Parasitas (Coreia do Sul)
Dor e Glória (Espanha)
Os Miseráveis (França)
Honeyland (Macedónia)
Boze Cialo – Corpus Christi (Polónia)