Led Zeppelin, “Presence” (O Regresso à Essência)

O sétimo álbum de estúdio dos Led Zeppelin foi lançado a 31 de Março de 1976. Foi escrito e gravado nos últimos meses de 1975, durante um período difícil na história da banda. Robert Plant estava a recuperar do violento acidente de automóvel que sofreu no início desse ano, o que levou ao cancelamento das digressões e à opção por entrar em estúdio. Jimmy Page, anos mais tarde, contrariou alguns rumores, garantindo que o ambiente em estúdio era bastante bom e recusa que fosse complicado trabalhar consigo devido ao seu uso de drogas. «Quando necessitava de estar focado, estava mesmo focado. O “Presence” e o “In Through The Out Door” foram gravados em apenas três semanas. Isso é qualquer coisa – precisas de estar no teu melhor». Ao contrário do anterior "Physical Graffiti", não apresenta teclados e tem pouca guitarra acústica. É neste álbum que surge um dos melhores malhões dos britânicos, o homérico "Achilles Last Stand".