Líder dos Tame Impala compra casa-estúdio onde gravaram nomes como Beastie Boys

Líder dos Tame Impala compra casa-estúdio onde gravaram nomes como Beastie Boys

Redacção

Kevin Parker comprou estúdio onde os Tame Impala se estrearam com “Innerspeaker” e se consagraram com “Currents”. A propriedade fica em Yallingup, Austrália e por lá passaram nomes como Fatboy Slim ou Beastie Boys.

O líder dos Tame Impala, Kevin Parker, comprou o estúdio (e a casa) onde gravou o álbum de estreia da banda australiana “Innerspeaker”, de 2010, e ainda o (já clássico) “Currents”, de 2015.

Como é relatado pelo jornal Property Observer, Parker e a sua esposa Sophie Lawrence compraram a propriedade, conhecida como “Wave House”, por cerca de um milhão de euros. A estrutura de quatro quartos está localizada em Yallingup, Austrália Ocidental, e contempla ainda 20 mil hectares de terreno com vista para o Oceano Índico e para o vasto Parque Nacional Leeuwin-Naturaliste. Para além do estúdio interno, a propriedade possui também um anfiteatro de pedra calcária capaz de albergar até 300 pessoas.

A casa foi construída nos anos 80 pelo produtor musical americano Ken Eichenberg e recebeu uma lista impressionante de artistas no seu estúdio interno. The Waifs, Fat Freddy’s Drop, Fatboy Slim e Beastie Boys são apenas alguns dos músicos que aí gravaram, para além, obviamente, de Tame Impala.

Kevin Parker lançou o muito esperado quarto álbum de estúdio dos Tame Impala, “The Slow Rush”, no início deste ano.

A digressão “The Slow Rush” foi parcialmente cancelada devido ao coronavírus, mas, desde então, os Tame Impala têm estado muito activos, publicando várias remixes ou participando em vários eventos de livestream, tais como o Music From The Home Front, de Abril, “Love Lockdown”, de Mark Ronson e, mais recentemente, o Tiny Desk Concert da NPR, em casa.

Tame Impala são uma das confirmações do NOS Primavera Soud 2021.