Massive Attack: Curta-Metragem, Alterações Climáticas e Redução da Pegada de Carbono Na Indústria Musical

Massive Attack: Curta-Metragem, Alterações Climáticas e Redução da Pegada de Carbono Na Indústria Musical

Mariana Matos

Massive Attack têm aproveitado a paragem provocada pela Pandemia para repensarem como podem reduzir a sua pegada de carbono enquanto estão em tour.

Em 2019, os Massive Attack encomendaram ao Tyndall Centre for Climate Change Research um estudo sobre os impactos ecológicos que as suas digressões provocam e como poderiam encontrar novas formas de reduzir a sua pegada de carbono, durante as mesmas. Estava planeado um concerto especial em Liverpool este ano, em colaboração com a Ecotricity, entre outros, onde poriam em prática algumas das medidas encontradas para redução de carbono, mas foi cancelado devido à pandemia. Não deixando o assunto cair no esquecimento, produziram uma curta de oito minutos, realizada por Anthony Tombling Jr e com a narração de Robert Del Nanja onde mostram todo esse processo. Deixam ainda o alerta para que a indústria da música aproveite esta pausa forçada para pensar e agir de forma a se planearem tours mais amigas do ambiente.

O último projecto da banda foi o lançamento do EP audiovisual “Eutopia”, apenas composto por três canções e cada uma acompanhada com respectiva componente visual.

Para além disso, no mês de Abril, os Massive Attack fizeram uma campanha de crowdfunding com o objetivo de fornecer refeições gratuitas à equipa do Serviço Nacional de Saúde e a todos os profissionais que estavam na linha da frente no combate à Covid-19.

 

EGITANA