Mata Ratos, Reedições

Mata Ratos, Reedições

Redacção

Rastilho reedita “És um Homem ou És um Rato” e “Festa Tribal”.

A Rastilho continua o seu nobre trabalho de reedições a bandas nacionais, desta vez com os infames Mata Ratos. Lê-se no press oficial: «São mais de 3 décadas de história. Os Mata Ratos são uma das maiores bandas do underground português. A palavra Underground ganha aqui especial importância porque a banda foi empurrada para uma certa clandestinidade por alguma imprensa nacional. Nada a que os Mata Ratos dessem demasiada importância: a sua história é feita de sobrevivência, luta e, claro está, alguma polémica. 

A Rastilho iniciou a sua colaboração com os Mata Ratos em 2003, com o lançamento do EP7″ “Deus, Pátria e Família”. O último álbum de originais “Novos Hinos para a Mocidade Portuguesa” data de 2007 e, desde então, os Mata Ratos não têm parado de tocar. Mas como nem só dos grandes clássicos do passado é feita a história dos Mata Ratos, a banda anuncia a gravação de um novo álbum de estúdio este ano (data de edição ainda por definir). 

Enquanto tal não acontece, celebremos o passado com a reedição de dois álbuns clássicos dos anos 00: “És um Homem ou És um Rato” e “Festa Tribal – Ao Vivo”, editados, respectivamente, em 2004 e 2005 e que a Rastilho volta agora a disponibilizar no mercado.

Nas palavras de Henrique Amaro “…. podem até ignorá-los… mas eles vivem!”».

EGITANA