Matt Berninger, “Let It Be” [Streaming]

Matt Berninger, “Let It Be” [Streaming]

Nero

O novo single é um dos seis temas excedentes de “Serpentine Prison”, o primeiro álbum a solo de Matt Berninger que será reeditado em versão deluxe em formato físico e digital. Já no dia 12 de Março.

Foi em 2020 que Matt Berninger, vocalista dos The National, editou o seu primeiro álbum a solo “Serpentine Prison”, via Book’s Records, em conjunto com a Concord Records. A produção ficou a cargo de Booker T. Jones, multi-instrumentista de Memphis, responsável pelas teclas que se fazem ouvir, bem alto, na discografia dos Booker T. & The MG’s.

Conta com as participações de Matt Barrick (The Walkmen, Jonathan Fire*Eater), Andrew Bird, Mike Brewer, Hayden Desser, Scott Devendorf (The National), Gail Ann Dorsey (David Bowie, Lenny Kravitz), Booker T. Jones, Teddy Jones, Brent Knopf (EL VY, Menomena), Ben Lanz (The National, Beirut), Walter Martin (The Walkmen, Jonathan Fire*Eater), Sean O’Brien, Mickey Raphael (Willie Nelson, Bob Dylan), Kyle Resnick (The National, Beirut), Matt Sheehy (EL VY, Lost Lander) e por fim Harrison Whitford (Phoebe Bridgers).

Toda esta gente trabalhou com Berninger no disco que trouxe dez canções, além dos seis temas que surgiram exclusivamente na edição limitada em vinil. Mas agora Matt berninger está a oferecer a todos a oportunidade de ouvir os temas extra e começa por mostrar “Let It Be”.

No próximo mês “Serpentine prison” vai ser alvo de reedição deluxe (física e digital) e então todos os seis temas anteriormente referidos, entre os quais quatro versões a originais de Eddie Floyd, Morphine, Bettye Swan e The Velvet Underground. Essa edição estará disponível a partir do dia 12 de Março. Para já, fiquem com “Let I Be”.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA