Michael Bush, estilista de Michael Jackson lança livro: “The King of Style: Dressing Michael Jackson”

Inês Barrau

Michael Bush, figurinista e amigo pessoal do Rei da Pop, Michael Jackson – estará pela primeira vez em Portugal numa sessão de autógrafos do seu livro The King of Style: Dressing Michael Jackson (O Rei do Estilo: Vestir Michael Jackson) no dia 24 abril, quarta-feira, das 16h00 às 19h00. Haverá um número limitado de livros para serem adquiridos e autografados, por ordem de chegada.

A sua presença em Lisboa insere-se na digressão europeia de divulgação desta obra que dará aos fãs de Michael Jackson a oportunidade de comprar este livro, que vendeu mais de 30.000 cópias até à data, e conhecer pessoalmente o estilista de Michael Jackson. Depois de Lisboa, as cidades de Madrid, Munique, Hamburgo e Praga receberão também esta sessão exclusiva.

Os fãs que comprarem o livro no próprio dia terão a oportunidade única de receber também um autógrafo pessoal de Bush no seu exemplar do livro. The King of Style: Dressing Michael Jackson (O Rei do Estilo: Vestir Michael Jackson) é o primeiro livro de inspiração artística sobre os fatos, trajes, sapatos e acessórios criados e usados ??por Michael Jackson, incluindo centenas de fotografias únicas e um olhar sobre os bastidores do processo de colaboração com um dos mais lendários e poderosos artistas na nossa era. O livro inclui histórias pessoais do autor, fotografias inéditas e um olhar fascinante sobre o mundo de moda que só Jackson poderia ter criado.

Durante mais de 24 anos, Michael Bush, juntamente com o seu parceiro Dennis Tompkins, trabalhou pessoalmente com Michael Jackson na criação de algumas das peças de vestuário mais originais e reconhecíveis alguma vez usadas por um artista musical. Eles criaram milhares de peças artísticas personalizadas que capturaram a inspiração, direção e criatividade do Rei da Pop.

 

“Michael Jackson foi o maior artista do mundo. O seu senso de moda e ideias de design levaram-me a embarcar numa extraordinária viagem que durou quase 25 anos. Não havia nada que não conseguíssemos fazer e o Michael era uma caixinha de surpresas”

EGITANA