Michael Kiwanuka Edita o Single “Light (edit)”

Michael Kiwanuka Edita o Single “Light (edit)”

Redacção

Michael Kiwanuka lançou novo single, “Light (edit)”, para o álbum “KIWANUKA”, que foi premiado recentemente com o Mercury Prize de Álbum do Ano.

Michael Kiwanuka é orgulhosamente o vencedor deste ano do Hyundai Mercury Prize para Álbum do Ano com o seu terceiro álbum “KIWANUKA”. Michael, que esteve nomeado para este prémio com cada um dos seus álbuns, levou para casa o prémio à terceira vez em que foi nomeado, tendo conquistado a unanimidade do júri.

Michael comentou, entusiasmadíssimo, logo após anúncio desta notícia: «Nem sei o que dizer – estou sem palavras. Isto é incrível… Nem tenho palavras. Isto é ridículo, é uma loucura! Estou tão feliz. A terceira vez é um encanto. Fiquei assoberbado. Estou nas nuvens, estou tão entusiasmado – isto é para a arte, para a música, para os álbuns. Esta é a única coisa que sempre quis fazer, por isso, ganhar um Mercury é um sonho tornado realidade. A música e a arte significam muito para mim e este é um prémio que celebra isso, estou nas nuvens».

O painel de jurados anunciou o álbum como uma “obra-prima”: «Quente, rico, extremamente concretizado e pertencendo a nenhum género além do seu, ‘KIWANUKA’ é uma obra-prima».

“KIWANUKA” foi lançado em Novembro de 2019 e foi recebido com grande aclamação crítica. O “The Guardian” descreveu-o como um dos álbuns da década. Produzido e co-escrito com Danger Mouse e Inflo, é um álbum que aborda uma compreensão alargada do que é identidade, injustiças sociais, aceitação e resiliência, tudo sob uma amálgama sonora muito rica.

Para coincidir com o prémio, Michael partilhou o vídeo do seu mais recente single, “Light (edit)”, acompanhado de duas interpretações ao vivo. O tema apresenta-se com uma melodia hipnotizante e psicadélica que mostra a musicalidade e a atmosfera que fazem de “KIWANUKA” um álbum tão cativante.

Nos players, Michael e uma orquestra de cordas a interpretar “Solid Ground” e “Light” no V&A, em Londres.

EGITANA