“Minha Cabeça”, Novo Álbum de Paulo Novaes, que Conta Com a Colaboração de Janeiro e Tiago Nacarato [Streaming]

“Minha Cabeça”, Novo Álbum de Paulo Novaes, que Conta Com a Colaboração de Janeiro e Tiago Nacarato [Streaming]

Redacção

Gravado entre Brasil e Portugal, “Minha Cabeça” é o novo álbum de Paulo Novaes, uma mistura de música com poesia e que conta com participações de nomes como AnaVitória, Rubel, 5 a seco, Tiago Nacarato e Janeiro, entre outros.

O cantor e compositor de São Paulo, Paulo Novaes, de 28 anos, lança hoje, 7 de Maio, nas plataformas de streaming, o seu terceiro álbum, “Minha Cabeça”, via Olga Music. Com 20 faixas, divididas entre poesias e canções, o disco foi gravado em 2019 entre Brasil e Portugal, onde Novaes morou durante dois anos.

«Ao evocar o espírito da colectividade, grande parte das faixas foram gravadas por músicos de diversos lugares do mundo e cada uma traz uma participação e um ritmo diferente. São universos únicos numa obra completa», explica o autor no comunicado enviado às redacções.

O disco «mistura poesia e música de uma forma singela e rica», com acordes que levam o ouvinte a uma «profunda e aconchegante viagem», contando para isso com diversas participações, com destaque para os portugueses Tiago Nacarato, no tema “A Pessoa Que Você Mais Ama”, e Janeiro, na poesia “O Meu Silêncio”, e para os brasileiros Rubel e AnaVitória. Há ainda colaborações do italiano Simone Carugati, do argentino Rodrigo Carazzo e dos brasileiros 5 a seco, Pedro Altério, Nina Oliveira, Leo Middea, Bruna Moraes, Tomaz Lenz e Margarida Piedade, avó do compositor, na faixa “Cantar”.

Para cada uma das 10 canções, Paulo Novaes trouxe a visão de 10 poetas diferentes, que trazem diversidade e dinâmica para a obra. E, para além do álbum, cada uma das poesias ganhou vida com as animações da artista Pamela Munhoz que, através do audiovisual, provoca outra interpretação para a obra. A irmã do compositor, Marina Novaes, ficou responsável por desenhar uma arte para cada um desses universos, e propôs a referência estética e visual do projecto. Por fim, cada música terá seu próprio vídeo, com argumentos escritos por diferentes profissionais. Até ao momento, os vídeos que já foram lançados são das faixas “Luz da Vida” (feat Pedro Altério), “Travo” (feat Anavitória) e “Paz Interior” (feat Rubel).

“Minha Cabeça” é «um reflexo fiel do momento que vivi entre os anos de 2018 e 2020, quando morei em Lisboa e tive um crescimento muito interessante na minha carreira, numa clara consequência das muitas conexões que plantei nessa caminhada. A ideia do disco surgiu no meio desse turbilhão de ponte aérea Brasil/Portugal, e estive a lapidá-la conforme vivia os encontros e formava novas parcerias», conta o autor. «Sinto também ser uma proposta muito alinhada com o momento complexo que vivemos, em que a colectividade, as parcerias, o dar voz ao outro, as conexões e imersões, se mostram fundamentais», completa.

As poesias relacionadas a cada uma das músicas foram escritas por Bruna Moraes, Bruna Caram, Janeiro, Isabela Moraes, Rita Altério, Gabriela Abreu, Lucas Caram, Nina Oliveira, Pedro Blanco e Beatriz Novaes.

Dispara o play para ouvires “Minha Cabeça” na íntegra.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA