Morreu Carlos Costa [Trio Odemira]

Morreu Carlos Costa [Trio Odemira]

Redacção

Morreu, no domingo, dia 7 de Março, o músico Carlos Costa, do conhecido grupo Trio Odemira. Tinha 93 anos.

A informação da morte do compositor Carlos Costa, do Trio Odemira, foi avançada pela fadista Maria da Nazaré na sua página de Facebook.

Entretanto, o fadista Nuno da Câmara Pereira já reagiu à notícia, com alguma amargura, escrevendo, nas suas redes sociais, o seguinte texto: «Carlos Costa. Uma vida inteira dedicada à música portuguesa. Prova de vida incessante, continua e perseverantemente inolvidável. De sorriso franco e imediato foi sem dúvida uma das maiores figuras do cancioneiro português. Nunca parou de cantar e de acreditar na sua juventude e alegria contagiante de viver e transmitir felicidade através de sua ímpar voz. Com Júlio, seu irmão, e depois com o seu filho, constituíram a inclítica geração da música portuguesa. São inúmeros os temas que deixou eternizado por sua voz única e afinada. Meu grande amigo com quem partilhei na Aula Magna e depois Coliseu várias das minhas comemorações discográficas, assim como a deles próprios, em Odemira e outros sítios. Amigo, culto e inteligente deixa-me profunda tristeza e mais ainda pela forma ignota com que abandonado ao desdém pelas entidades mais responsáveis, como a SPA, Museu do Fado e Televisões, etc. Aqui fica o meu reconhecimento e gratidão pública a quem deixa vasta obra musical e até literária, alguma, por quem merecia outra dignidade e respeito maior. Carlos, Obrigado, Obrigado, Obrigado!!!».

O Trio Odemira era composto por Carlos Costa, Júlio Costa e Mingo Rangel e contava mais de 60 anos de carreira, tendo sido formado em 1958 e obtido sucesso com temas como “Ana Maria” e “Anel de Noivado”. Foi o o primeiro grupo a gravar em disco temas populares alentejanos, à excepção dos grupos corais, segundo a Enciclopédia da Música em Portugal no Século XX, que dá como exemplo o single “Rio Mira”, de 1958. O grupo, segundo a mesma fonte, detém recordes de vendas como um Disco de Platina (mais de 140 mil exemplares) e seis Discos de Ouro (mais de 40 mil exemplares, cada).

EGITANA