Quantcast
Morreu Deon Estus, O Baixista Que Recusou Marvin Gaye

Morreu Deon Estus, O Baixista Que Recusou Marvin Gaye

Nero

Morreu Deon Estus, aos 65 anos de idade. O baixista foi uma peça-chave no som dos Wham!, na década de 80, e ao longo da sua carreira trabalhou com alguns dos maiores nomes da indústria, casos de Elton John, Tina Turner, Annie Lennox ou Frank Zappa.

A triste notícia foi confirmada pela conta oficial de Deon Estus no Twitter. A causa de morte (no dia 11 de Outubro) não foi revelada. Na publicação, deste dia 12 de Outubro, pode ler-se ainda : «O Deon era principalmente conhecido como o terceiro membro dos Wham!. Era apaixonado por música e adorava interagir com os seus fãs mais leais».

Já na passada segunda-feira, apurámos em retrospectiva, a sua companheira, Brenda Kaye Pearce, escreveu no Facebook: «O meu querido e tão íntimo amigo e a pessoa mais significativa para mim, desde há quatro anos, fez a sua última viagem e tudo o que consigo recordar é a nossa última conversa no dia de ontem. O meu coração levará tempo a curar. RIP Deon. Amo-te eternamente».

Jeffery Dean Estus nasceu em Detroit, em 1956. A solo atingiu reconhecimento e sucesso comercial com “Heaven Help Me”, malha clássica de 1989, que o músico escreveu em conjunto com George Michael, que emprestou ainda a sua voz aos coros do tema. A canção faz parte do seu único álbum a solo, “Spell”. Estus começou a tocar baixo adolescente, nos Brainstorm, grupo com o qual gravou dois discos.

A certa altura, no início da década de 80, mudou-se para Londres e, com a agenda preenchida em estúdio, recusou gravar o álbum “Midnight Love” (1982), que foi o disco de regresso de Marvin Gaye e o último da lenda R&B. Estus confessaria que se soubesse disso, teria viajado para os Estados Unidos para gravar o álbum…

Estus era inseparável de modelos Kubicki e, principalmente, Status Graphite.

EGITANA