Morreu o compositor Luís Pedro Fonseca

Morreu o compositor Luís Pedro Fonseca

Ana Cristina Pereira

O cenário da música portuguesa fica mais pobre depois do desaparecimento de Luís Pedro Fonseca, vítima de um ataque cardíaco aos 64 anos.

O ex-membro dos Plexus e dos Chinchilas e co-fundador dos Salada de Frutas deixa para trás um legado de temas que ficam na história da música portuguesa.”Sempre que o amor me quiser”, dado a conhecer por Lena d’Água, foi uma das músicas de sucesso com a marca do compositor.

Luís Pedro Fonseca foi membro de vários grupos do rock português. Durante os anos 60, pertenceu aos Plexus e aos Chinchilas,  que animavam a cena rock portuguesa. Mais tarde, já nos anos 80, juntamente com Lena D’Água e Zé da Ponte, formou os Salada de Frutas. A Banda Atlântida [na foto] surgiu mais tarde, assim como outros projectos musicais que marcaram uma carreira de sucesso, entre eles, também, o grupo Zoom.

Enquanto produtor, trabalhou com Rão Kyao, no álbum “Fado bailado”, e Né Ladeiras. Compositor reconhecido, chegou a compor vários jingles publicitários premiados em festivais internacionais e até o Hino dos Jogos da Lusofonia, realizados em Macau no ano de 2006.

“Papalagui”, “Olhó Robot” e “Lusitânia” são outros sucessos musicais assinados por Luís Pedro Fonseca que fazem já parte de um imaginário colectivo que caracterizou uma época.

EGITANA