R.I.P. Al Schmitt, lendário produtor e engenheiro de áudio

R.I.P. Al Schmitt, lendário produtor e engenheiro de áudio

Redacção

Morreu o lendário produtor e engenheiro de áudio Al Schmitt, que trabalhou com nomes tão variados como Frank Sinatra ou Elvis Presley, Michael Jackson ou Joni Mitchell. Tinha 91 anos de idade.

Al Schmitt, produtor e engenheiro de áudio 23 vezes vencedor dos Grammy, morreu aos 91 anos de idade. Ao longo da sua carreira de sete décadas, Al Schmitt trabalhou ao lado de quase todos os nomes da música pop, abrangendo uma vasta gama de estilos, sons e gerações. Frank Sinatra, Sam Cooke, Ray Charles, Paul McCartney, Elvis Presley, Brian Wilson, Joni Mitchell, Rod Stewart, Neil Young, Steely Dan, Jackson Browne, Toto, Quincy Jones, Hot Tuna, João Gilberto, Madonna, Michael Jackson, Jefferson Airplane e dezenas largas de outros estão incluídos no seu longo e incrível currículo.

Para Schmitt, o mundo da música gravada fez parte da sua infância. Nascido no Brooklyn em 1930, apanhava frequentemente o metro em Manhattan para passar algum tempo no estúdio de gravação do seu tio, Harry Smith Recording, onde lendas como Bing Crosby, Andrew Sisters, Orson Welles e Les Paul apareciam de tempos a tempos para gravar.

Depois de servir na Marinha, Al Schmitt, então com 19 anos, começou a trabalhar como aprendiz no Apex Recording Studios, onde começou a aprender o ofício. Uma tarde, viu-se sozinho no estúdio com Duke Ellington. «Continuava a dizer-lhe: ‘Sr. Ellington, não estou qualificado para fazer isto’», recordou Schmitt mais tarde, numa entrevista. «Ele deu-me uma palmadinha na perna, olhou-me nos olhos e disse: ‘Não faz mal, filho, vamos ultrapassar isto’». Acabaram por gravar várias canções juntos.

Al Schmitt mudou-se depois para Los Angeles, onde conseguiu um emprego na RCA em 1963, mas partiu em 1966 para trabalhar como produtor independente (tornando-se um dos primeiros engenheiros a tornar-se totalmente freelancer) e passou as seis décadas seguintes a trabalhar ao lado de alguns dos melhores artistas de rock, jazz e R&B.

Em 2015, Schmitt recebeu uma estrela no Passeio da Fama de Hollywood, mesmo à saída do edifício da Capitol Records, que foi a sua segunda casa desde 1976.

Podes consultar aqui a infindável lista de discos em que Al Schmitt trabalhou ao longo de 70 anos de carreira. Para ficares a saber mais sobre este Senhor da música podes adquirir o livro “Al Schmitt On The Record – The Magic Behind The Music”.

EGITANA