Museu do Oriente apresenta “2016” um concerto multimédia inspirado na obra de Ryuichi Sakamoto

Museu do Oriente apresenta “2016” um concerto multimédia inspirado na obra de Ryuichi Sakamoto

Mariana Matos

O concerto multimédia “2016” do pianista João Vasco vai realizar-se no Museu do Oriente, a 24 de Outubro.

O evento é da autoria do pianista João Vasco, e vai reunir inéditos para piano, violino e violoncelo inspirados na obra de Ryuichi Sakamoto.

“2016” tem influências de um universo musical que abrange desde o período Barroco à contemporaneidade e de compositores como Schubert, Chopin, Stravinsky, Schnitke, Ligeti, Steve Reich, Philip Glass, Carrapatoso e Sassetti, com o devido destaque a “1996” do japonês Ryuichi Sakamoto.

Para além de ser pianista, João Vasco que também é videasta/cineasta, propõe criar um objecto artístico, em que música e imagem são criadas pelo mesmo autor, para o mesmo propósito. As duas dimensões dialogam em palco, tornando “2016” numa experiência imersiva, em jeito de diário de viagem.

As obras musicais e respectivas imagens foram esboçadas, concebidas e visualizadas entre 2016 e 2018 durante as digressões deste pianista. Quartos de hotel, aeroportos, ruas, monumentos, bastidores, palcos, pessoas e memórias de locais como Paris, Banguecoque e Maputo, entre outros, foram veículo e inspiração para as obras de “2016”.

A João Vasco junta-se, em palco, o violinista Pedro Lopes e o violoncelista Fernando Costa, jovens músicos eruditos de referência com um percurso artístico assinalável.

O concerto realiza-se a 24 de Outubro, às 19:00 horas. O preço de bilhete em sala tem o custo de 12 euros, mas fica a 2 euros se optar pela transmissão directa na sala virtual online CiveOn.

EGITANA