NAMM 2021 Em Risco

NAMM 2021 Em Risco

Redacção

Notícias provenientes da organização da NAMM parecem indicar que o principal evento anual da indústria de instrumentos musicais, o NAMM Show, não terá lugar em 2021 devido ao impacto contínuo da pandemia.

O NAMM Show, que se realiza todos os anos no Centro de Convenções de Anaheim, Califórnia, e recebe mais de 100 mil participantes de todo o mundo, deveria ter tido lugar a 21 de Janeiro de 2021. Embora a NAMM não tenha anunciado explicitamente que o Salão NAMM 2021 foi cancelado, numa declaração anunciando o programa de eventos online Believe In Music Week, Joe Lamond, presidente e CEO da NAMM admitiu que “continua a ser inseguro reunirmo-nos pessoalmente em Janeiro“, levando a crer que o maior e mais prestigiado evento do mundo dos instrumentos musicais não deverá ter lugar no próximo ano.

Para além deste reconhecimento, as ligações no website da NAMM que anteriormente levavam a páginas de inscrição para expositores e participantes na exposição de 2021 já não estão a funcionar. Em vez disso, parece que o plano para 2021 é levar certos aspectos da experiência do NAMM Show online através da Believe In Music Week – um “encontro global para unificar e apoiar as pessoas que trazem música para o mundo“.

Embora salientando que a Believe In Music Week não é um NAMM Show virtual, o evento contará com muitos dos eventos que normalmente têm lugar em Anaheim, incluindo os Prémios TEC, ao mesmo tempo que oferece recursos educativos para os participantes e um “mercado interactivo para ligar compradores e vendedores“.

Com um mercado robusto para lançar novos produtos e partilhar a história da sua marca, a Believe in Music também contará com redes e matchmaking para compradores e vendedores, educação para todos os segmentos da indústria e música ao vivo.

A NAMM 2021 é o segundo programa NAMM a ser vítima da pandemia global após o cancelamento da NAMM 2020 no Verão, em Abril. Para lembrares as principais da edição deste ano, basta abrires o botão de pesquisa do nosso site (em cima à direita) e escrever “namm 2020″…

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.