Navega no “Navio” de Medeiros/Lucas

Navega no “Navio” de Medeiros/Lucas

Redacção

“Mar Aberto” de Medeiros/Lucas tem um novo single, “Navio”, com um vídeo realizado por Gonçalo Tocha.

O realizador lisboeta é colaborador habitual da dupla, com quem se deslocou aos Açores para os concertos de apresentação do disco em Março de 2015. As filmagens tiveram lugar no Teatro Faialense, na Horta, e no canal que separa as ilhas de Pico e Faial.

“Navio” é o tema que encerra o périplo marítimo de Medeiros/Lucas em “Mar Aberto”. Uma canção criada sobre o poema homónimo de Armando Côrtes-Rodrigues e que nos fala da vertigem de partir, a vertigem de uma viagem cujos contornos deixamos nas mãos de outrém. “Adeus que me vou / Deus sabe até quando” são as últimas palavras que se ouvem antes dessa vertigem virar a fúria sonora de um fado indomável. Resta-nos deixar levar.

É essencial esquecer conceitos importados de culinária com pretensões cosmopolitas e sabor duvidoso. Reinventem-se outras coisas, como Pedro Lucas faz, desde 2010, com “O Experimentar Na M’Incomoda”. O novo projecto MEDEIROS/LUCAS junta-o a Carlos Medeiros, figura de culto no circuito da música tradicional portuguesa, fonte de inspiração para o seu “O Experimentar”, graças a “O Cantar Na M’Incomoda” (1998). Agora é corpo presente, neste encontro onde há acordes que ligam os Açores à Ibéria, ao norte de África. Há textos de Miguel Cervantes, de Armando Côrtes-Rodrigues. Um encontro que nos trouxe, em Março deste ano, o disco de estreia “Mar Aberto”.

EGITANA

fender