Neil Young procura revolucionar a forma como ouvimos música

Neil Young procura revolucionar a forma como ouvimos música

Timóteo Azevedo

Pono é o novo dispositivo de reprodução de música portátil lançado por Neil Young.

Neil Young apresentou recentemente, no programa norte-americano de David Letterman, o novo dispositivo de reprodução áudio que pode vir a alterar, em termos qualitativos, a forma como ouvimos música. Na essência, o Pono é um leitor que toca a música em 24 bits e 192 kHz, que são os valores normalmente usados em gravações de estúdio e masterização. O dispositivo terá 128 GB de memória, que permitem armazenar entre 100 a 500 álbuns de música digital de alta qualidade, tendo sido anunciado que irão haver cartões de memória, possibilitando-se assim o aumento de capacidade de armazenamento.

“É o melhor som que alguém pode ter”, afirma Young, que sempre se manifestou relutante com a música digital. “Desde os anos 80 até agora, e provavelmente por mais 15 anos, este é o período mais negro para a música gravada”, confessou em 1992, comentando a música digital. O produto foi lançado na plataforma Kickstarter e conseguiu arrecadar 800 mil dólares em apenas quatro horas, estando em pré-venda desde o dia 12 de Março, com o preço de 400 dólares.

EGITANA